CUBA: Falta de morcegos altera a ecologia

HAVANA, 24 de julho (Terramérica).- Entre 250 mil e meio milhão de morcegos desapareceram da caverna do Gato Jíbaro, na província cubana de Matanzas, a leste de Havana, ameaçando a flora da região, advertiram especialistas.

“A catástrofe é grande. No melhor dos casos, os animais emigraram, no pior, morreram”, disse ao Terramérica Ercílio Vento, presidente da Sociedade Espeleológica de Cuba.

Estes mamíferos preservam o equilíbrio ecológico devorando insetos e colaborando na polinização das plantas e disseminação de sementes.

Foram expulsos por baratas que chegaram ao lugar há cerca de dez anos, atraídas pelo lixo que começou a ser despejado por uma fábrica de alimentos próxima. Posteriormente, o lugar foi limpo, mas as baratas ficaram.

Cuba possui 27 variedades de morcegos das quase duas mil existentes no mundo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.