Primavera começa com clima instável

Heloísa Cestari
Do Diário do Grande ABC

A primavera começa neste domingo(23/09), precisamente às 6h51, já mostrando as oscilações climáticas típicas da estação da flores, marcada por picos de calor e quedas acentuadas de temperatura.

De acordo com a previsão do instituto de meteorologia Climatempo, o dia será seco e quente, com máxima de 32ºC na Região Metropolitana de São Paulo. Mas a chegada de uma frente fria já nesta noite deverá provocar uma baixa brusca nos termômetros, que não deverão ultrapassar a marca dos 24ºC. Há previsão de chuva para segunda-feira.

Segundo o meteorologista André Madeira, além do colorido das flores que tanto simboliza esta época do ano, a primavera é uma fase de transição caracterizada por variações climáticas e aumento de chuva. “Estamos esperando índices pluviométricos acima da média em outubro e dezembro.”

Para Madeira, o recorde de calor da última quinta-feira, quando foi registrado o dia mais quente do ano na Capital, é natural em setembro. “Neste mês são comuns temperaturas elevadas. Em 2004, tivemos até 35,3ºC em setembro. E no ano passado, chegou-se a 34,1ºC na Capital.”

Flores – O clima primaveril pode incomodar as pessoas com as instabilidades do tempo, mas é perfeito para fazer as flores desabrocharem. Segundo o engenheiro agrônomo Nilton Soares Val, a mistura de calor, chuva e luz, devido aos dias mais longos, faz com que as plantas despertem da dormência e floresçam. “No início da primavera, elas estão com todas as reservas para manifestar sua genética e os dias longos favorecem a fotossíntese. O resultado são as flores e frutos. Também é agora que elas respondem melhor às fertilizações.”

Mas nem todas as espécies dão flores justamente na primavera. “Isso é comum entre as plantas nacionais, como as helicônias, o philodendron, o lírio-da-paz, as primaveras e as orquídeas. Já o ipê-amarelo prefere o clima seco do inverno, assim como a magnólia e a pata-de-vaca. E há plantas trazidas de outros países que dão flores em outras estações.”

Algumas árvores também começam a frutificar. “Pitangueiras, amoreiras e cerejeiras-do-rio-grande já estão dando frutos, mas quando a chuva é escassa eles tendem a ser menores, mais doces e em menor quantidade”, completa Val.

Fonte: [ Setecidades ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.