Surge na Itália tomate negro sem transgenia

Chama-se “sun black”, o tomate de pele negra, de polpa vermelha e rico em propriedades antioxidantes. A fruta nasceu de um projeto com a participação da Universidade de Pisa, Modena, Reggio Emilia e Tuscia e financiado pelo Ministério da Universidade e da Pesquisa Científica Italiano.

O tomate negro, variedade produzida sem recorrer à tecnologia dos transgênicos, apresenta a pele de coloração roxo escuro. A cor é derivada da presença de antocianina, pigmento presente em alguns alimentos, como a uva preta, que desenvolve uma potente ação antioxidante, diminuindo o acúmulo de radicais livres.

O novo tomate, que conserva a polpa com a tradicional cor vermelha e mantém inalterado o sabor, foi obtido através do cruzamento de diversas variedades do fruto.

O projeto tem dois objetivos. O primeiro está relacionado às pesquisas agroalimentares e a um possível ingresso da variedade no comércio. O segundo está voltado ao estudo dos genes envolvidos no processo de produção de antocianinas para melhorar, sem recorrer às técnicas transgênicas (OGM), o componente nutricional dos alimentos.

Fonte: Il Messaggero

Disponível online em: [ AEN ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Biotecnologia

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.