Óleo de coco aumenta colesterol bom

Marcelo Gigliotti, Jornal do Brasil

[img:12695_0002rsgk.jpg,resized,centralizado]

RIO DE JANEIRO – O óleo de coco pode aumentar o nível do HDL, o colesterol bom. É o que aponta estudo feito por pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O aumento do HDL protege a pessoa contra doenças cardiovasculares. Ele funciona fazendo uma espécie de limpeza da gordura no sangue. Trata-se do primeiro estudo do gênero no Brasil.

– Os resultados encontrados são promissores. O óleo de coco aumentou significamente os níveis do HDL – diz a pesquisadora da UFRJ Eliane Lopes Rosado.

O estudo foi feito com pacientes obesos voluntários do Rio de Janeiro. Metade seguiu uma dieta utilizando óleo de coco extra-virgem. Outra metade usou óleo de soja nas refeições. A redução do HDL só se deu no grupo que usou o óleo de coco na dieta.

Segundo a pesquisadora, o óleo não foi usado para fritura, mas como tempero sobre a comida.

– Ninguém reclamou do gosto – comentou a pesquisadora.

A pesquisa começou com a coleta de sangue dos voluntários. O objetivo era medir os níveis de lipídios, glicose e insulina de cada um para ter um referencial. Depois cada grupo recebeu a mesma refeição, composta por pão branco, queijo cottage, creme cracker e suco industrializado. Mas um grupo teve que misturar 13 gramas de óleo de coco no queijo e o outro a mesma medida de óleo de soja. Depois foi feita nova coleta.

O segundo passo da pesquisa foi criar uma dieta, balanceada para cada indivíduo, que teria que ser seguida durante 45 dias. Novamente, os voluntários foram divididos em dois grupos. Metade teria que ingerir 13 gramas de óleo de coco durante o jantar. A outra metade, 13 gramas de óleo de soja. Ao fim dos 45 dias, nova coleta de sangue foi feita e o resultado foi bem de acordo com a expectativa dos pesquisadores.

– Já conhecíamos algumas pesquisas no exterior que apontavam para a redução do colesterol. E pudemos demonstrar que isso ocorre realmente – comentou a pesquisadora.

Eliane, que tem doutorado na área de nutrição, e seu grupo, composto ainda das pesquisadoras Christine Erika Vogel e Márcia Soares, vão ampliar a base de estudos, fazendo pesquisas com mais pessoas e por um período de tempo mais longo. Mas elas já preparam a publicação da pesquisa em revistas científicas internacionais.

– Embora os resultados sejam preliminares, eles são muito contundentes – afirma Eliane.

Segundo ela, o grupo que usou óleo ainda apresentou outro benefício. Além de aumentar o HDL, o uso de óleo de coco na dieta reduziu os níveis de glicemia (glicose medida em jejum) e a resistência à insulina.

– A obesidade tem uma relação com o diabetes. Melhorar a glicemia é um fator positivo para reduzir o risco de desenvolver o diabetes tipo 2 – diz a pesquisadora.

Fonte: [ Jornal do Brasil ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s