Cientistas descobrem que aranha e planta brigam por comida

Pesquisadores descobriram que a aranha lobo e a drósera travam uma espécie de batalha por comida | Foto: AAAS/Reprodução

A luta entre espécies próximas por recursos é normal na natureza. Predadores lutando pela carcaça de um animal abatido, ou até árvores que disputam na floresta um espaço melhor ao Sol. Contudo, cientistas descobriram nos Estados Unidos uma luta entre dois reinos de seres vivos por comida: uma aranha e uma planta. As informações são da Science.

Segundo a reportagem, os pesquisadores da Universidade do Sul da Flórida descobriram que um tipo de drósera (uma planta carnívora que se alimenta de insetos) e a aranha lobo disputam alimento. Enquanto a planta cobre suas folhas com uma substância grudenta para prender a presa e a consumir com enzimas digestivas, o aracnídeo tece densas teias para pegar sua comida.

Como as duas vivem em locais parecidos – próximos do chão em pântanos úmidos do sul da Flórida – e tem como presas os insetos, os pesquisadores já desconfiavam que esses dois seres viviam uma espécie de batalha pela presa. Após estudaram os hábitos de ambas, eles notaram que, onde as dróseras eram mais comuns, as aranhas criavam teias maiores. “Na construção da teia, parece que as aranhas tomam sensíveis decisões com relação ao nível de competição“, diz o pesquisador Jason Rohr à reportagem.

Os cientistas ainda reproduziram a batalha em laboratório, colocando aranhas e plantas em um terreno com insetos para ambas. Eles descobriram que, quando as aranhas não estavam por perto, as dróseras produziam muitas folhas e sementes. Contudo, quando dividia o terreno com o inimigo, o aracnídeo conseguia pegar muitos insetos antes da planta conseguir prendê-los em suas folhas. Como resultado, sofrendo com os recursos limitados, as plantas produziam menos folhas, sementes e flores.

Os pesquisadores ainda pretendem estudar se minúsculos sapos que convivem com as dróseras também competem com elas por comida. “É muito possível que seja um fenómeno generalizado, mas nós precisamos testá-lo“, diz Rohr.

Fonte: [ Notícias Terra ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s