Alemanha estuda proibir patentes de animais e plantas para alimentação

EFE – O Estado de S. Paulo

O governo federal alemão pensa em proibir por lei as patentes de animais e plantas destinadas à alimentação. O objetivo é manter a diversidade dos recursos genéticos. “Há limites que não devem ser ultrapassados”, afirmou a ministra da Agricultura da Alemanha, Ilse Aigner, ao semanário Der Spiegel. Segundo a ministra, os agricultores e criadores de gado não devem ter seu trabalho limitado por patentes biológicas.

A iniciativa da ministra alemã tem lugar pouco antes que o Escritório de Patentes Europeias, com sede em Munique, também na Alemanha, decida no final do mês que vem se aceita patentes de tomate e de brócolis que protegem técnicas de cultivo e as plantas resultantes das mesmas.

Tanto Aigner como o partido de oposição social-democrata não se opõem às patentes de técnicas de cultivo, mas sim às dos organismos resultantes. Tradicionalmente, as variantes de plantas e animais podem ser criados livremente.

Fonte: [ Estadão ]

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Alimentos, Biotecnologia, Cultivo

Uma resposta para “Alemanha estuda proibir patentes de animais e plantas para alimentação

  1. Eu acho que nehuma idéia ou coisa deve ser patenteável… até porque todas são conseqüências lógicas e minúsculas de idéias ou de coisas anteriores…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s