Botânicos redescobrem planta que se pensava extinta

A espécie foi dada como extinta em 2003 - Foto: Ascension Island Goverment Conservation Department

Os botânicos perderam-no de vista em 1950 e deram-no como extinto mas hoje, os Jardins Botânicos de Kew anunciaram que o feto Anogramma ascensionis foi encontrado na ilha de Ascensão, no Atlântico.

O pequeno feto foi encontrado, por acaso, pelos botânicos Phil Lambdon e Stedson Stroud – do Departamento de Conservação da ilha – que faziam um inventário de rotina às espécies de plantas da ilha de Ascensão. Quando decidiram descer uma encosta da montanha Verde, o vulcão da ilha, aperceberam-se de um minúsculo feto agarrado a uma rocha. Depressa reconheceram nele o Anogramma ascensionis.

Apenas foram encontradas quatro plantas, “numa precária existência” devido à falta de água. Mas, a julgar pelos testemunhos do botânico Sir Joseph Hooker, que lá esteve em 1876, a espécie era relativamente comum na ilha. O feto foi visto pela última vez em 1958 e em 2003 foi declarado extinto. Os Jardins Kew, que ajudaram na missão, acreditam que tal se deve à competição de outras espécies de fetos mais resistentes.

Mas a descoberta foi apenas o início de um desafio conservacionista que, nos últimos meses, tem tentado recuperar uma população frágil.

Os fetos estão agora a crescer numa estufa na ilha de Ascensão e nos Jardins Kew, em Londres, a partir dos esporos produzidos por duas das plantas. Das quatro plantas iniciais existem já 60. “Vamos fazer tudo o que nos for possível para manter estes fetos vivos”, comentou Stedson.

“Até agora, o cultivo desta planta frágil está a correr conforme o previsto, provavelmente até melhor do que qualquer pessoa tenha pensado”, comentou Matti Niissalo, responsável pelo Departamento de Conservação de Ascensão.

Actualmente apenas se conhecem dez espécies de plantas endémicas em Ascensão, ilha vulcânica. As cabras introduzidas pelos exploradores portugueses por volta de 1500 alimentaram-se da vegetação da ilha, antes de as espécies serem descobertas para a ciência. Não restou muito depois da introdução de coelhos, ovelhas, ratos, burros e mais de 200 espécies de plantas invasoras.

“Esperamos que este feto seja devolvido aos seus habitats na montanha, onde terá ajudado a estabilizar aquelas encostas”, segundo os Jardins Kew.

No entanto, alertam os botânicos, “todos os endemismos de Ascensão continuam perigosamente à beira da extinção”.

“Numa altura de perda de biodiversidade sem precedentes, esta descoberta excitante dá-nos esperança de que as espécies possam resistir”, comentou Stephen Hopper, director dos Jardins londrinos.

O trabalho foi conduzido pelo Projecto de Conservação de Plantas Endémicas da Ilha Ascensão, financiado pelo OTEP (Overseas Territories Environment Programme).

Fonte: [ Ecosfera ]

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Sem categoria

4 Respostas para “Botânicos redescobrem planta que se pensava extinta

  1. Marily Brito

    Gostei do blog e este será uma fonte de pesquisa para meus trabalhos enquanto acadêmico de Biologia, e educador.

    Curtir

  2. Maria Karina

    É maravilhoso ver que existem pessoas comprometidas com a atividade de informar e ensinar. Parabéns pelo bom trabalho!!

    Curtir

  3. Odair José Rodrigues Soares

    Tive a oportunidade de observar o belíssimo trabalho dos Botânicos Phil Lambdon e Stedson Stroud mediante pesquisas realizada no Jardim de Kew,então esses apaixonados pela Ciência tiveram a grande honra de encontrar uma espécie de planta que para a Ciência já havia considerada extinta.
    Tenho certeza que, com essa nova redescoberta,essa espécie de planta terá sua multiplicação que a merece.Parabéns aos Biólogos que por andarem pesquisando na ilha,tiveram a oportunidade de vê-los esse feto tão raro.

    Curtir

  4. Thais Aquino

    Este blog sera bastante utilizado não só por mim acadêmica em biologia como para os apaixonados por biologia,é uma fonte de pesquisa bem abrangente os criadores desse blog estam de parabéns pois abordaram o assunto de forma clara e direta espero que continuem trabalhado de forma magnifica para ajudar todos nós apaixonado pelo estudo da vida!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s