Caso Prof. Frazão: Infraero manda fechar CDT

Infraero divulgou nesta terça-feira(14), uma Nota Oficial sobre a reportagem divulgada pelo Fantástico (Rede Globo) expondo de forma negativa o trabalho do quimico e pesquisador Antonio Brandão Frazão, o Professor Frazão.

A estatatal que administra aeroportos mandou fechar o Centro de Difusão Tecnológica(CDT), local onde Frazão trabalhava até a veiculação da reportagem, no último domingo(12). A empresa também critica o programa por ter exibido informações “sem apurar devidamente os fatos”. Veja a nota.

NOTA À IMPRENSA

PROJETO SOCIAL NO AEROPORTO DE IMPERATRIZ (MA)

13.09.10 Em relação à reportagem “Químico do MA receita extrato de graviola para tratar câncer”, veiculada no programa Fantástico neste domingo (12/9), a Infraero, por meio da Superintendência Regional do Norte e da Gerência de Gestão para a Sustentabilidade, esclarece que lacrou o laboratório do Centro de Difusão Tecnológica (CDT), nas dependências do Aeroporto de Imperatriz (MA), mantido por meio de Termo de Cooperação Mútua – projeto “Cinturão Verde” – com seis entidades, entre elas a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), à qual está vinculado o professor Antônio Augusto Brandão Frazão.

Importante destacar que cada parceiro do projeto arca com o valor financeiro das suas atribuições, não havendo repasse nem patrocínio por parte da Infraero a nenhum deles.

Ao contrário do que sugere a reportagem, a Infraero não patrocina qualquer profissional autônomo “para dar consultas a pacientes, fazer diagnósticos e receitar remédios à base de plantas”.

O objeto do projeto prevê, entre outras atribuições, cursos de plantio e cultivo de plantas de uso medicinal e terapêutico, mas não o atendimento à população, muito menos por profissional não capacitado.

A Infraero solicitou nesta segunda-feira à UEMA que a instituição se manifeste sobre o assunto a fim de se apurar os fatos e se avaliar a manutenção do Termo de Cooperação.

Além disso, cabe esclarecer que o projeto “Cinturão Verde” beneficia toda comunidade do entorno do aeroporto.

As ações envolvem pequenos agricultores que, antes do projeto, pagavam arrendamento à Infraero e, por meio dele, passaram a ter cursos sobre técnicas de plantio e cultivo de hortifrutigranjeiros para incrementar suas pequenas hortas.

Hoje 70% da demanda por frutas e hortaliças de Imperatriz e Região são atendidas pela produção agrícola do projeto “Cinturão Verde”.

Em 2009, foram cultivadas 180 toneladas de frutas e hortaliças. Existe também uma vertente do projeto que ministra cursos de informática básica para os agricultores e seus filhos, com laboratório implantado pela Infraero dentro das instalações do Terminal de Passageiros.

Por fim, a Infraero lamenta não ter sido procurada pela produção do Fantástico, que imputou à empresa toda responsabilidade sem apurar devidamente os fatos.

Assessoria de Imprensa – Infraero
imprensa@infraero.gov.br

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Caso Drauzio Varella

4 Respostas para “Caso Prof. Frazão: Infraero manda fechar CDT

  1. Paulo

    Quem deveria ter apurado os fatos era a Infraero, antes de apoiar um falso cientista.

    Curtir

  2. Ronaldo Lima

    Infelizmente o que houve foi uma armação do Fantastico para ganhar pontinho no IBOPE. O trabalho do Prof. Frazão é sério e idôneo. Paulo vc deveria conhecer um pouco mais sobre o Professor Frazão e seu trabalho com uso de plantas medicinais, pois ele é conhecido internacionalmente. Caso isso fosse charlatanismos o gringos não o convidariam para ir a Ucrania. Então pare de falar besteira, sobre o que não conhece!

    Curtir

  3. Paulo

    Ronaldo, esse discurso de ponto no IBOPE não tem cabimento. Qual é o protocolo científico que o Frazão teve com a suposta pesquisa? Em qual revista científica respeitada foi publicada? Qual é a formação deste sujeito para prescrever tratamento?

    Não podemos ser coniventes com esse tipo de procedimento em nosso país. O Frazão tem que responder por seus atos! Então eu é que digo que você deve parar de falar besteira e pesquisar mais sobre a importância do rigor científico.

    Curtir

  4. Firmino

    Paulo deixe de falar besteira pq o que foi colocado em cheque não foi a idoniedade do respeitado Frasão e sim se as plantas servem ou não servem para tal curas das doenças o que devem ser analizado é q a globo lança um tema e trata de outra coisa a mesma globo que diz que a graviola não serve para tais doenças foi a mesma que em 2008 fez um documentário falando que a graviola pode combater e até curar cancer. A pergunta é a quem interessa mesmo essa reportagem será aos brasileiros ou a industria farmaceutica, qual o propósito da globo será mesmo desmascarar os “falsos” cientistas ou a cura dos remedios ou mesmo as industrias farmaceuticas que se beneficiam com seus remédios de “rigor cientifico” pare de falar besteira e faça uma análise olhando os 2 lados.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s