A cura pelas plantas

Plantas curam?

Em meio a informações e contra informações, quero descrever minhas experiências, no que se referem a alguns remédios caseiros:

1-      Há 3 décadas tive a doença de Hodkin, – câncer no sistema linfático, e junto a radioterapia, quimioterapia e cirurgias, tomei um monte de chás e poções que minha mãe fazia.

2-      Há uma década, tomei uma garrafada de babosa com mel e cachaça, e, desde aquela época nunca mais tive problemas de amedalite, moléstia até então freqüente.

3-      Recentemente tive umas dores de cabeça frequentes, e lá fui eu tomar mais uma garrafada de babosa. E as dores sumiram.

4-      Um amigo meu estava com cataratas nos olhos e passou babosa. Regrediu.

5-      O cachorro deste meu amigo estava com uma infecção feia num olho, que foi curada com aplicações de babosa.

Fico abestalhado como veneram e endeusam nossa biodiversidade, e ao mesmo tempo, criam leis e procedimentos para dificultar o acesso e a propaganda dos remédios caseiros.

Segue receita retirada de:

http://curapelanatureza.blogspot.com/2008/03/receita-de-babosa-contra-o-cncer.html

Como fazer

  • 400 g de babosa
  • 500 g de mel de abelha puro
  • Uma dose de bebida destilada (conhaque, aguardente, uísque)

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e processe bem por cinco minutos. Não precisa coar. Coloque em uma garrafa escura e guarde na geladeira.

Dosagem

  • Antes de tomar, agite bem a garrafa.
  • Tome duas colheres de sopa em jejum, assim que acordar pela manhã; duas colheres de sopa 10 minutos antes do almoço e duas colheres de sopa antes do jantar ou antes de dormir.
Anúncios

10 Comentários

Arquivado em Fitoterápicos, Medicamentos

10 Respostas para “A cura pelas plantas

  1. Meu caro amigo,

    Posso relatar o seguinte:

    1 – Quando era criança, eu comia muita, mas muita amora sempre que visitava a casa de um primo meu, lá em Praia Seca. Tempos depois, já com o portal, é que fui descobrir sobre as antocianinas e ácidos fenólicos.

    2 – Tive uma crise de sinusite que de tão braba acabei sendo internado. Tomei vários medicamentos alopáticos por três semanas seguidas, sem efeitos. Só fui melhorar quando lembrei do própolis e passei a tomar. Em dois dias estava recuperado.

    3 – Tive uma gastrite braba que só melhorou com extrato de Espinheira Santa;

    4 – Se eu soubesse mais sobre plantas medicinais há 15 anos atrás, talvez meu pai ainda estivesse vivo. Várias doenças que ele teve poderiam ter sido medicadas com plantas;

    5 – Meu filho só está melhorando da Psoríase com homeopatia – já tentou quase tudo e nada, só a homeopatia tem funcionado.

    6 – Não custa lembrar: a diferença entre o remédio e o veneno é a dose.

    😉

    Curtir

  2. Olhaí meu caro Anderson,
    Como seria bom ter vários comentários de pessoas que tem experiências com as curas pelas plantas.
    Sei que na literatura alemã tem muitos livros e enciclopédias que tratam do assunto.
    É difícil encontrar um alemão antigo que não tenha um livro surrado sobre fitoterapia em casa…

    Curtir

  3. Babosa para mim é alimento! Tenho diversas mudas em meu quintal e já fz uso da planta em diversas ocasiões, mas duas em especial, merecem relato:
    Meu m=namarido estava capinando e cortando mudas de bananaeira anã com o facão q ele sempre afia bastante antes de começar o trabalho e uma escoregada no talude durante o procedimento fez ele dar um talho gigantesco na canela. Quase desmaiado como sangramento e o impressionante rasgono tecido, corri a acudí-lo pondo a perna para cima com uma folha de babosa cortada sobre o ferimento. Em 15 minutos, após o estancamento do sangue e o fim da dor, levantamos a folha e dscobrimos um corte de 10cm FECHADO! Daí ele levantou e continuou o corte da bananneira…
    Outra impressionante: minha filha, então com 4 aninhos, teve uma gastritte originária de herpes infantil. Não queria berber, nem comer nada, pois tudo lhe ardia a boca e o estomago. Muito confusa depois de 15 dias indo a tod@s os pediatras q indicavam só coisas pesadas para uma criança já debilitada, é que me veio a luz o ensinamento de minha avó: babosa. Foi tomar e 15 minutos depois ela anuncia: “Moni, to com fome!”

    Desde então tenho criado vários filhotes da minha planta mor!

    Curtir

  4. Com a babosa eu tive um experiência fantástica! Eu e meu filhote estávamos fazendo batata doce numa fogueira e de repente pulou uma brasa, direto entre meu dedo mindindo do pé e a sandália. A brasa de danada que era queimou tanto minha sandália quanto meu pé, coisa de nascer bolha imediatamente.

    Aí me lembrei que a babosa poderia ajudar e resolvi experimentar. Cortei uma folha, retirei os espinhos e cortei pedaços para ir fazendo compressas. Senti um alívio tão bom que resolvi fazer um curativo com gaze, esparadrapo e babosa.

    Na manhã seguinte, para meu espanto, não estava mais sentindo dores e ao retirar o curativo, a constatação: a queimadura havia desaparecido, restando apenas a marca. Não houve necrose da pele, vermelhidões, nada !!!

    De lá pra cá, levo babosa para todos os lugares e arranjo mudas para os amigos. Vale a pena ter umas mudas delas em casa, em vasos ou diretamente na terra.

    Curtir

  5. Eu acredito muito na babosa ja fis para minha mãe que estava com problema no esófago e pesebir que ela teve melhoras e cuido do meu cabelo com a babosa

    Curtir

  6. O Instituto Fitoterápico André Resende é o melhor que conheço, já curou de tudo de cancer a herpes, fone (11) 2975-2682, ou (11) 29762763,fiz tratamento com ele o herpes deu negativo no exame.

    Curtir

  7. Luzia maria da conceicao

    confirmo todos os depoimentos que li.
    mas procurei o gel de aloevera na farmácia de artigos naturais, me disseram
    que está proibido.queria saber porque?

    Curtir

  8. Edson Santos De Meireles

    A babosa serve p/ infecção urinária/retenção urinária, úlcera, dor de estômago, infecção intestinal. Responda-me por favor.

    Curtir

  9. Solange Muniz

    Gostaria de saber quais os benefícios da babosa para a catarata e o glaucoma. Alguém tem algum relato que deu certo o uso da babosa nestes casos e quanto tempo leva para melhorar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s