Cientistas da Inglaterra desenvolvem primeira petúnia negra do mundo

Flor levou quatro anos para ser aperfeiçoada sem nenhuma alteração genética

por Globo Rural Online


Os jardins britânicos terão um novo tom no próximo verão. Horticultores da empresa inglesa Ball Colegrave desenvolveram a primeira petúnia negra do mundo, utilizando técnicas de reprodução natural para chegar à cor escura.

A flor, nomeada como Black Velvet (veludo negro, em tradução livre), levou quatro anos para ser aperfeiçoada. Segundo o jornal Daily Mail, pesquisadores usaram uma mistura de cores já existentes no mercado até chegarem à tonalidade desejada.

De acordo com Stuart Lowen, funcionário da companhia situada em Banbury, as flores negras são únicas. “É original e é a primeira. Não existia petúnia negra no mundo antes e ela foi criada sem nenhuma alteração genética, apenas por meio de polinização”, explica.

Segundo especialistas, a planta será muito procurada por jardineiros devido ao belo contraste que a espécie oferece entre as demais flores coloridas. Se depender do slogan criado para promover a venda da nova petúnia, o sucesso será imediato. A Ball Colegrave já estampa nas principais floriculturas a propaganda: preto combina com tudo!

Fonte: [ Globo Rural ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Flores, Técnicas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s