Informações sobre Fitoterapia

Um misto de ciência e curanderismo: assim se pode definir o uso terapêutico de plantas ao longo da história humana. E, apesar do respaldo científico que vem ganhando nos últimos anos, o conhecimento da ação medicinal das ervas é baseado no empirismo popular.
Plantas

Agrião (Masturtium offifcinale)

Da família das Crucíferas, esta planta é rica em iodo, ferro fofato e óleos essenciais. Possui ação descongestionante, béquica (para tratar tosse), digestiva, diurética e depurativa, podendo ser utilizada contra malefícios do fumo e do ácido úrico.

Alecrim (Rosmarinus officinales)

Esta planta, da família das Labiadas, é utilizada para aumentar o apetite, bem como tem ação contra sarna e coceiras quando mistura ao óleo de camomila. Também é aconselhável para casos de cansaço no peito, tosses e catarro, aliviando dores do período menstrual.

Alfafa (Medicago sativa)

É uma das plantas mais utlizadas pela indústria para obtenção de vitamina K e clorofila, sendo da família da Leguminosas – Papilonáceas. Rica em beta-caroteno, vitaminas C, D, E e K, cálcio, potássio e ferro, é muito indicada nos casos de anemia e em algumas deficiências nutricionais.

Alfazema (Lavandula officinalis)

Pertencente à família das Labiadas, o chá de suas flores é utilizado no combate a dor de cabeça, nevralgias, insônia e nervosismo, problemas digestivos e mau hálito. Seu perfume característico é proveniente de óleos voláteis.

Angélica (Angelica officinalis)

É uma planta que fortale o estômago, é tônica, depurativa e, em casos de febre, provoca o suor. Pertence à família das Umbelíferas.

Anis estrelado (Ilicium verum)

De origem chinesa esta planta da familia das Magnoliáceas, é rica em óleos aromáticos e propriedades curativas usadas no preparo de medicamentos e doces. Sendo muito utilizado para amenizar problemas respiratórios e sintomas da gripe.

Arnica (Arnica montana)

Da família das Compostas, é muiro eficiente para uso externo no caso de machucaduras e contusões. Também para amenizar problemas de espinhas acnes e furúnculos antes que vazem. Jamais usar sobre ferimentos abertos. Somente uso externo!

Arruda (Ruta graveolens)

Esta planta da família das Rudáceas é empregada para alívio de dores de cabeça e também como emplasto no peito para combater a tosse.É muito usada para combater piolhos e coceiras. Mulheres grávidas não devem utilizar.

Babosa (Aloe socotrina)

Pertencente a família das Liliáceas, é muito rica em mucilagem (muco) cicatrizante. Deve ser utlizada em casos de feridas inflamadas dentro de um programa, após um periodo de desintoxicação. Possui propriedades tônicas para o aparelho digestivo.

Erva Doce (Pimpinella anisum)

Esta planta aromática, pertencente a família das Umbelíferas, é muito usada na indústria alimentícia. Eficiente para combater a cólica menstrual e gases intestinais, também é diurética e expectorante.

Erva Cidreira (Andropogon schoenantus)

Essa planta rica em óleos essencias, é pertencente a família das Gramíneas. Possui propriedades calmantes e digestivas.

Funcho (Foenicolum officinale)

Da família das Umbelíferas, é aromático e curativo, e também favorece a secreção do leite materno.

Girassol (Helianthus annuus)

Pertencente a família das Compostas, é conhecida por acalmar dores de cabeça e também é utilizada para casos de febre malárica e de origem pulmonar.

Hortelã (Menta piperita)

Da família da Labiadas, possui ação vermífuga, é também usado com calmante e digestivo e é benéfica para problemas de mau hálito.

Mil-Folhas (Achillea millefolium)

Esta planta pertencente a famílias das Compostas, é utilizada para limpar e curar as feridas.É um tônico hepático, antiespasmótica e adstringente.
Doenças

Acne

Altéia, arnica, parietária, tília, bardana, mil folhas.

Afecções da garganta

Flor de laranjeira, alho, limão.

Afta

Cavalinha, cenoura, limão, tanchagem, babosa, sementes de acelga tostadas e moídas, malva.

Anemia

Couve, espinafre, rabanete, tomate, morango, amora, urtiga, repolho, funcho, carqueija, quina, alfafa.

Ansiedade

Melissa, tília, capim-limão, maracujá.

Artrite e reumatismo

Cebola, alho, malva, tília, limão, mamão, banana, uva, alecrim, camomila.

Asma

Alecrim, guaco, anis-estrelado, orégano, sálvia.

Assaduras e brotoejas

Rosa-branca, camomila, tanchagem.

Aleitamento materno

Funcho, cominho, camomila, leite de amêndoas, castanha do pará.

Calmante

Capim-limão, tília, folhas de maracujazeiro, melissa, valeriana.

Nevralgia ciática

agrião, rúcula, repolho, cebola.

Cistite

Pata de vaca (branca), cavalinha, malva, serralha, cabelo de milho.

Cólica renal

Quebra-pedra, cabelo de milho, raiz de salsa, cavalinha, semente de urucum.

Cólica menstrual

Camomila, anis-estrelado, melissa, alecrim.

Diabete

Dente-de-leão, sálvia, mil folhas, vagem, alho.

Diarréia

Broto de goiabeira, casca de romã, tília, camomila, banana, maçã.

Dor de cabeça

Alfazema, alecrim, tília, melissa, limão.

Estresse

Maracujá, tília, melissa, rosa-branca, valeriana, cidreira.

Falta de apetite

Alecrim, anis-estrelado, angélica, erva-doce, hortelã.

Frieira

Calêndula, cebola, alho, arruda, alecrim, mentruz.

Fungos

Arruda, alecrim, erva -de-santa-maria, rubim.

Gases intestinais

Sálvia, erva-doce, cominho, hortelã.

Gengivite

Sálvia, anis-estrelado, menta.

Gripes e resfriados

Anis-estrelado, camomila, eucalipto, menta, limão, poejo.

Hemorróidas

Casca de romã, tanchagem, babosa, rubim, alecrim.

Insônia

Maracujá, lúpulo, valeriana, cidreira, melissa, tília, manjerona, alho.

Nervosismo

Valeriana, tília, melissa, folhas de laramjeira, rosa-branca, gatária, maracujá.

Obesidade

Malva, sabugueiro, alcachofra, agrião, guaco, brócoli.

Rachaduras nos mamilos

Casca de carvalho, alecrim, babosa.

Tosses e bronquite

Tília, alho, cebola, agrião, tomilho, orégano, guaco, eucalipto, hortelã,

Verminoses

Alho, hortelã, mentruz, losna, tomilho, semente de abóbora, quássia, abacaxi, ameixa, manga, poejo, casca de romã.
Receitas
Acne

Máscara cicatrizante:

3 colheres de sopa de mucilagem da babosa (raspe a gelatina de dentro da folha) 3 colheres de sopa de mil folhas 3 colheres de calêndula 1 xícara de água fervente 1 porção de aveia

Coloque as ervas na água fervente. Quando a água mornar, coloque o chá, sem coar, no liquidificador e vá acrescentando aveia até ficar na consistência de creme. Aplique no rosto e deixe de 30 minutos a 1 hora. Retire e lave o rosto com água fria.
Anemia

Suco

5 folhas de espinafre 3 folhas de repolho com os talos 3 folhas de couve

Passe pela centrífuga e beba de 10 a 20 minutos antes do almoço. Nunca guarde este suco para tomar depois.

Salada

1/2 xícara de rúcula 3 colheres de sopa de salsinha 4 colheres de sopa de cenoura ralada 2 colheres de sopa de cebola picadinha

Junte as ervas, tempere com limão e sal e bom apetite!
Cólicas menstruais

Chá

2 colheres de sopa de camomila 3 anises-estrelados 3 colheres de sopa de melissa 6 xícaras de água fervente

Cubra as ervas com água fervente. Quando esfriar, use 3 a 4 xícaras ao dia.
Diabetes

Salada

1/2 xícara de acelga picadinha 1/2 xícara de couve picadinha 1/2 xícara de tomate picadinho 2 colheres de sopa de bardana ralada 2 colheres de sopa de cebola picadinha 5 colheres de sopa de tremoço sem a casquinha 4 azeitonas pretas

Faça um creme com o tremoço e as quatro azeitonas pretas, batendo com o “Mix” do liquidificador. Tempere a salada, acrescentando limão e mais sal, se desejar.

Salada Delícia

1/2 xícara de vagem crua picadinha, bem fina 4 folhas de espinafre cru picadinho 1/2 xícara de cheiro verde 3 folhinhas de dente de leão, picadinhas 1 tomate picadinho 5 castanhas de caju torradas 4 colheres de sopa de abobrinha sal e limão a gosto

Bata a castanha com a abobrinha cozida no liquidificador, temperando a salada como recomendado.
Emagrecimento

Salada

1 alcachofra cozida na água e sal 3 colheres de sopa de cebola picadinha 1 xícara de escarola 2 tomates

Tempere a cebola com limão, sal e 1 colher de chá de óleo de oliva. Mergulhe as folhas de alcachofra nesse tempero. Tempere a escarola e o tomate e coma com 1 fatia de pão torrado, duas vezes por semana, substituindo o almoço.

Não almoce sem saladas cruas.Varie bastante nas saladas. Experimente suprimir o cereal (arroz, macarrão) na hora do almoço 3 vezes por semana.

Chá

1/2 colher de sopa de camomila 1 colher de sopa de pata-de-vaca 3 colheres de sopa de dente-de-leão 3 xícaras de água fervendo

Junte as ervas, acrescente água fervendo e deixe até esfriar. Tome 2 a 3 xícaras por dia.
Estresse

Xarope

A) 2 colheres de sopa de sálvia 3 anises-estrelados 2 colheres de sopa de tomilho 2 colheres de sopa de alecrim 1 xícara de mel de abelhas

B) 3 colheres de sopa de tília 1 colher de valeriana 3 colheres de sálvia 6 folhas de alfavaca 1 xícara de mel

Massere bem as ervas recomendadas, cubra com o mel e deixe por 12 horas, revolvendo as ervas de vez em quando. Tome uma colher de sopa, diluindo em meia xícara de água três vezes ao dia.
Fungos

Fungos na boca

1 colher de sopa de alecrim 1 colher de sopa de erva-santa-maria 1colher de rubim 1 colher de óleo de oliva

Bata no liquidificador e coloque sobre a área afetada. Uso externo, não ingerir.

Fungos na pele (superfície corpórea)

1 colher de sopa de alerim 1 colher de sopa de erva-santa-maria 1 colher de sopa de rubim 1 xícara de óleo de ricíno

Bata no liquidificador, coloque sobre a área afetada e cubra com um plástico.
Mau hálito

Gargarejo

8 folhas de menta 3 brotos de pinheiro 4 colheres de sopa de alecrim 1 xícara de água Massere as ervas indicadas, cubra com a água, deixe descansae por 4 horas e de 2 em 2 horas lave a boca em bochechos com esse chá.
Menopausa

Chá

1 colher de sopa de valeriana 3 colheres de sopa de menta 1 colher de sopa de camomila 4 xícaras de água fervendo

Cubra as ervas com água fervendo. Quando esfriar tome de três a quatro xícaras ao dia.

Xarope

1 limão com casca 6 folhas de laranjeira 3 anises estrelados 2 colheres de sopa de tília 1 colher de sopa de valeriana ralada

Macere muito bem o anis estrelado e as demais ervas, cubra com duas xícaras de mel e deixe por 12 horas em local fresco. Após as 12 horas coe e use 1 colher de sopa três vezes ao dia.
Rachaduras nos mamilos

2 colheres de pó de casca de carvalho 3 colheres de sopa de alecrim 3colheres de sopa de baba de babosa

Macere bem as ervas, misture com o pó, como creme. Cubra os mamilos com esse creme, de 3 em 3 horas ou toda vez após amamentar.

Lavar as mamas com chá de alecrim.
Rouquidão

Alterne as seguintes fórmulas para gargarejo, 3 vezes ao dia:

A) 1 colher (sopa) de casca de romã 1/2 broto de penheiro 1 copo de água fervente Coloque as ervas na água fervente e abafe. Quando mornar, coe e faça o gargarejo.

B) 2 colheres de sopa de tomilho 3 colheres de sopa de suco de limão 1 copo de água fervente Proceda como recemendado na fórmula “a”

Fonte: http://www.virtual.epm.br

Fitoterapia

É um método de tratamento caracterizado pela utilização de plantas medicinais em suas diferentes preparações, sem a utilização de substâncias ativas isoladas.

O que é Planta Medicinal?

Espécie vegetal cultivada ou não, utilizada com propósitos terapêuticos (WORLD HEALTH ORGANIZATION, 2003). Chama-se planta fresca aquela coletada no momento de uso e planta seca a que foi precedida de secagem, equivalendo à droga vegetal.

O que é droga vegetal?

Planta medicinal ou suas partes, que contenham as substâncias, ou classes de substâncias, responsáveis pela ação terapêutica, após processos de coleta, estabilização e/ou secagem, podendo ser íntegra, rasurada (cortada), triturada ou pulverizada.

O que é remédio?

É um cuidado utilizado para curar ou aliviar os sintomas das doenças, como um banho morno, uma bolsa de água quente, uma massagem, um medicamento, entre outras coisas.

O que é remédio caseiro de origem vegetal?

É a preparação caseira com plantas medicinais, de uso extemporâneo (para uso imediato), que não exija técnica especializada para manipulação e administração.

O que é fitoterápico?

Produto obtido de planta medicinal, ou de seus derivados, exceto substâncias isoladas, com finalidade profilática, curativa ou paliativa.

Como é preparado um fitoterápico?

Os fitoterápicos podem ser produzidos a partir de:

1) Planta fresca – Sucos e alcoolaturas

2) Planta seca – Infusos, decoctos (cozimento), extratos, tinturas, óleos medicinais. Os fitoterápicos podem ter ainda várias formas farmacêuticas produzidas a partir de extratos, tinturas, óleos medicinais e alcoolaturas.

Formas farmacêuticas – são as formas físicas de apresentação do fitoterápico. Podem ser classificadas em sólidas, líquidas e semi-sólidas.

Formas farmacêuticas líquidas: Tinturas, xaropes, soluções, extratos fluidos.

Formas farmacêuticas sólidas: Extratos secos, comprimidos, cápsulas.

Formas farmacêuticas semi-sólidas: Extratos moles, pomadas, géis, cremes

Qual a diferença entre fitoterápico industrializado e manipulado?

O fitoterápico industrializado é fabricado em uma indústria farmacêutica e possui registro na Anvisa/Ministério da Saúde para ser comercializado.

O fitoterápico manipulado é uma preparação magistral e/ou oficinal, sob orientação de um farmacêutico.

Tanto o fitoterápico industrializado quanto o manipulado devem seguir as Boas Praticas de Fabricação/Manipulação (BPF/BPM).

O que são preparações magistral e oficinal?

Preparação magistral: é aquela preparada na farmácia, a partir de uma prescrição de profissional habilitado, destinada a um paciente individualizado, e que estabeleça em detalhes sua composição, forma farmacêutica, posologia e modo de usar.

Preparação oficinal: é aquela preparada na farmácia, cuja fórmula esteja inscrita no Formulário Nacional ou em Formulários Internacionais reconhecidos pela ANVISA.

O que são Boas Práticas de Fabricação/Manipulação (BPF/BPM)?

Boas Práticas de Manipulação (BPM): Conjunto de medidas para assegurar que os produtos manipulados sejam consistentemente manipulados e controlados, com padrões de qualidade apropriados para o uso pretendido e requerido na prescrição.

Boas Práticas de Produção/Fabricação (BPF): É a parte da Garantia da Qualidade para assegurar que os produtos são consistentemente produzidos e controlados com padrões de qualidade apropriados para o uso pretendido e requerido.

Plantas medicinais e fitoterápicos podem ser utilizados por mulheres grávidas ou amamentando?

As mulheres grávidas ou que estejam amamentando devem buscar orientação de profissional de saúde antes de utilizar qualquer planta medicinal ou fitoterápico. Em alguns casos, existem estudos que podem garantir a segurança no uso, nestas situações.

Crianças podem usar plantas medicinais e fitoterápicos?

Antes de usar qualquer planta medicinal ou fitoterápico em crianças, deve-se buscar orientação de profissional de saúde.

Crianças menores de dois anos não devem utilizar fitoterápicos, uma vez que não há estudos que possam garantir a segurança para esta faixa etária.

Por quanto tempo é possível utilizar uma planta medicinal ou um fitoterápico?

Plantas medicinais e fitoterápicos não devem ser utilizados continuamente, a não ser por orientação de profissionais de saúde.

As plantas medicinais e os fitoterápicos podem fazer mal à saúde?

Como qualquer medicamento o mal uso de fitoterápicos e também de plantas medicinais pode ocasionar problemas de saúde. Determinadas plantas medicinais e fitoterápicos podem ser utilizados sem a orientação médica para o alívio sintomático de doenças de baixa gravidade e por curtos períodos de tempo. No entanto, caso os sintomas persistam por mais de sete dias, ou apareçam reações indesejadas, o uso deve ser interrompido e deve ser procurada orientação médica.

Há problemas em usar outros medicamentos associados às plantas medicinais e fitoterápicos?

No caso de utilizar medicamentos de uso contínuo, deve-se buscar orientação de um profissional de saúde.

Fonte: www.portal.saude.gov.br

Anúncios

8 Comentários

Arquivado em Sem categoria

8 Respostas para “Informações sobre Fitoterapia

  1. Maria

    Anderson, vc pode me dizer as propriedades da corama.

    Curtir

  2. BOM DIA! POR FAVOR LEIA ATÉ O FINAL, SIM? Meu nome é RAILTON MESQUITA, moro em Pedreiras-Ma., Tenho um grave problema de saúde chamado ” “FIBROMIALGIA”, li na Internet que o “NONI” tem componentes inflamatórios, fiquei animado e passei então a tomar o mesmo em forma de suco nem muito forte nem muito fraco, tenho percebido que as dores que sentia antes tem
    diminuído bastante e me tem me ajudado a perder peso, pois de uns tempos para cá engordei uma média de doze quilos a mais, acontece que tenho também um sério problema de ” GASTRITE” e tenho sentido fortes dores de cabeça, que é um dos sintomas que esta enfermidade ,manifesta em mim. Quero saber se o
    “NONI” é uma fruta ácida ou semi-ácida e se existe alguma fruta que adicionada a ela possa anular a ação ácida, pois, tenho me dado muito bem com ela e não quero parar, desejo também saber notícias a respeito do “MANGOSTÃO” ou “MANGUSTÃO”, pois li num site que ela também combate a “FIBROMIALGIA”, estava querendo fazer um pedido da mesma, mas, li também que ela é uma fruta ácida. Por favor me ajude, preciso muito de esclarecimentos a respeito e se porventura vcs conhecerem alguma fruta ou algum medicamento natural ou fitoterápico que possa me ajudar em relação a esta enfermidade por favor me informem, pois, sofro diariamente com dores terríveis. Aguardo resposta e esclarecimentos, que Deus lhes abençoe! Railton Mesquita.

    Curtir

  3. Manoel Vieira Neto

    Prezado amigo,
    Seria possível você enviar para meu e-mail as formulas de pomadas, extratos e óleos de ervas. É um grande favor que estará me prestando, que não sei nem como lhe pagar, mas Deus sabe e ele lhe recompensará!
    Tenho necessidade urgente!
    Espero poder contar com sua valiosa ajuda, pois é por necessidade mesmo. Fico muito agradecido pela sua atenção!
    OBRIGADO!
    Manoel.

    Curtir

    • Oi Manoel,

      O que você já conseguiu? Pode compartilhar com os demais?

      Abraço!

      Curtir

      • Manoel Vieira Neto

        Olá Anderson,
        Eu peço desculpas, mas não entendi sua pergunta.
        Você poderia me esclarecer?
        Se for a respeito do que lhe pedi, com certeza compartilharei.
        Lhe pedi se seria possível me enviar as formulas de como fazer POMADAS, EXTRATOS E ÓLEOS DE ERVAS e ainda não recebi.

        Abraço!

        Manoel.

        Curtir

      • Sim, lhe perguntei sobre o que você já conseguiu. O que quero saber é se você já foi no Google, buscou informações… e se está separando aquilo que conseguiu de alguma forma, por exemplo, documento Word.

        Eu tenho aqui alguns arquivos sim, mas são pesquisas que venho fazendo e que se encontra facilmente na Internet.

        Agora, senti uma certa cobrança de sua parte.

        Meu trabalho é voluntário e faço isso com gosto, agora…receber cobranças? Aí já é um pouco demais, não é mesmo?

        Curtir

  4. sandra leandro

    por favor sofro de herpes zoster tem alguma planta ou cha q posso fazer uso obrigado

    Curtir

  5. Flor Martins

    Tenho herpes zoster há 2 anos, local: cintura – um palmo acima e um oalmo a baixo lado direito. Não passei bem com aciclovir e similares. Tenho 80 anos e noto que estou piorando, dor difícil de expressar arde, dá picadas, parece andar no local trinca, não sei nem explicar mas incomoda dia e noite, Pelo amor de Deus que faço? já fiz acupuntura e senti alguma melhora, mas não cura que faço, vou morrer com esse tormento? Obrigadíssima por uma resposta que me acalme e alivie, se não curar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s