Secretaria de Meio Ambiente quer reflorestar sete morros de Niterói

Por: Elis Carvalho

Pasta elabora projeto de reflorestamento e vai usar 70 mil mudas para combater danos causados pelas mudanças climáticas. Primeira área a ser reflorestada fica na Ponta da Areia

Às vésperas do Dia Mundial do Meio Ambiente, que é celebrado no dia 5 de junho, a Secretaria de Meio Ambiente de Niterói elaborou um projeto de reflorestamento que pretende combater os danos causados pelas mudanças climáticas. Ao todo, serão mais de 40 mil mudas plantadas no município, conforme adiantou a Coluna Informe esta semana. Para o subsecretário de Meio Ambiente, Eurico Toledo, a medida, além de sustentável, é também uma forma de se controlar as ocupações irregulares.

Toledo ressalta que o reflorestamento é de grande importância para questões ambientais, como as enchentes e o efeito estufa.

“Esse trabalho é muito importante no combate às mudanças climáticas, no aumento dos recursos hídricos, na redução dos prejuízos relacionados às enchentes, na redução do efeito estufa, na recuperação de encostas degradadas e do aspecto paisagístico estrutural. Além disso, ajuda no controle da ocupação irregular, na proteção da vegetação e no equilíbrio dos relevos de diferentes níveis de declive que provocam o ciclo hidrológico, especialmente no escoamento e infiltração da água no solo”, declara.

O subsecretário acrescenta que serão necessárias medidas atenuantes que possam dar suporte à prevenção e remediação dos problemas no município.

“Essas medidas poderão resolver problemas causados pelo desmatamento, controlando a erosão, atenuando as enxurradas frequentes em nossa cidade e os rolamentos de pedras, diminuindo o assoreamento dos rios, entre outros benefícios”, afirma.

Locais – Segundo Eurico Toledo, a primeira área a ser reflorestada, com 5 mil mudas, será a Rua Barão de Jaceguaí, na Ponta da Areia, no dia 20 de junho. As outras localidades que também passarão pela mudança serão o Morro do Vital Brazil, com 15 mil mudas, Morro do Arroz, com 5 mil mudas, Morro do Santo Inácio, com 5 mil mudas, Morro da Praia do Sossego, com 2,5 mil mudas, Morro do Peixe Galo, com 7,5 mil mudas, e Morro da Boa Vista e Juca Branco, com 1,5 mil mudas.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente disse que o reflorestamento engloba parcerias entre setor público e privado, qualificação de mão obra em comunidades, educação ambiental, manutenção, geração de empregos e renda, sustentabilidade e recuperação ambiental.

Comemoração – Para festejar o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Câmara Municipal de Niterói vem promovendo uma intensa programação desde o dia 30 até o domingo, data oficial da comemoração.

Foram programados eventos diversificados, como palestras no salão plenário da Câmara Municipal de Niterói, exposição ecológica nos corredores da Câmara e na Praia de Icaraí e Campo de São Bento, além de concurso de redação para escolas localizadas em Niterói, com o tema “Niterói e o Meio Ambiente – Problemas e Soluções”.

Fonte:[ O FLUMINENSE ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Árvores, Meio Ambiente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s