Germinação de pimentas

Germinação

Esta é a fase mais importante, pois sem ela não existe cultivo.

Esta pode ser executada de 4 maneiras diferentes:

a) Com substrato em bandeja de isopor

b) Com substrato em copo plástico

c) Em células de espuma fenólica

d) Algodão

Descrição dos produtos necessários nesta fase do plantio:

SUBSTRATO

Este produto tem a finalidade de nutrir a planta nas suas primeiras semanas de vida.

Geralmente o substrato é adquirido comercialmente, podendo ser comprado em lojas especializadas em produtos agrícolas, floriculturas e supermercados.

HUMUS

Produto derivado da minhoca, recomendado para misturar no substrato.

BANDEJA DE ISOPOR

Bandeja de isopor de 128 células (é a ideal para pimentas e pimentões), existem outros tipos de material mas recomendamos a de isopor por ser mais barata e ter vida útil prolongada, de 3 a 4 anos, se bem cuidada.

Nesta bandeja serão colocados o substrato e a semente a ser germinada.

COPO PLÁSTICO

Podem ser adquiridos copos de 180 ou 300 ml, coloridos ou transparentes.

ESPUMA FENÓLICA

Este produto também pode ser encontrado nas lojas especializadas em produtos agrícolas.

ALGODÃO

Algodão comum, branco ou colorido.

PALITO DE SORVETE

Serão utilizados para colocar o nome da variedade a ser germinada.

CANETA

Utilizada para escrever o nome da variedade da pimenta no palito de sorvete e fazer o buraco no substrato.

ACESSÓRIOS OPCIONAIS:

Estes itens podem ser usados para nos dar mais segurança na identificação das variedades colocadas para germinar.

Além do palito de sorvete podemos usar:

CANETA PARA CD.

Esta caneta servirá para escrever o nome da variedade da pimenta no copo plástico.

FITA CREPE

Usada para anotar o nome da variedade e outros dados. É colada na lateral do copo

MÉTODOS DE GERMINAÇÃO

A)Germinação na bandeja de isopor com substrato:

Na germinação com substrato em bandeja de isopor iremos precisar dos seguintes produtos;

– Bandeja de isopor

– Substrato

– Húmus

– Palito de sorvete

Pegue o substrato e o húmus e faça uma mistura na seguinte proporção:

70 % de substrato e 30% de húmus (ex. 700 gramas de substrato e 300 gramas de húmus).

Molhe moderadamente umedecendo a mistura, observe para não ficar encharcada.

Encha as células na mesma quantidade das sementes que serão semeadas. Ex. 10 sementes = 10 células.

Faça um pequeno buraco no meio do substrato com uma caneta, afunde +- 1 cm

Coloque a semente neste buraco e tampe com o substrato, sem socar.

Molhe levemente para não lavar o substrato.

A rega deve ser feita duas vezes ao dia, pela manhã e ao entardecer, nas horas mais frescas do dia, sem encharcar, para evitar que os nutrientes do substrato sejam lavados.

Para identificar as sementes você pode utilizar palito de sorvete. Escreva o nome da pimenta e a data do plantio e enfie no substrato, na lateral da célula.

B) Germinação no copo plástico com substrato

Na germinação com substrato no copo plástico iremos precisar dos seguintes produtos:

– Copo plástico

– Substrato

– Húmus

– Palito de sorvete

– Uma chave de fenda.

Pegue a chave de fenda, aqueça no fogão e faça quatro furo nas laterais inferiores dos copos, 1 cm antes do fundo do copo. Esses furos servem para drenar o excesso de água, caso seja necessário. Caso você tenha um Ferro de Solda, daqueles utilizados para soldar componentes eletrônicos, será bem mais prático e rápido.

Pegue o substrato e o húmus e faça uma mistura na seguinte proporção:

70 % de substrato e 30% de húmus (ex. 700 gramas de substrato e 300 gramas de húmus).

Molhe moderadamente umedecendo a mistura, observe para não ficar encharcada.

Encha os copos na mesma quantidade das sementes que serão semeadas. Ex. 10 sementes = 10 copos.

Faça um pequeno buraco no meio do substrato com uma caneta, afunde +- 1 cm

Coloque a semente neste buraco e tampe com o substrato, sem socar.

Molhe levemente para não lavar o substrato.

A rega deve ser feita duas vezes ao dia, pela manhã e ao entardecer, nas horas mais frescas do dia, sem encharcar, para evitar que os nutrientes do substrato sejam lavados.

Para identificar as sementes você pode utilizar palito de sorvete. Escreva o nome da pimenta e a data do plantio e enfie no substrato, na lateral do copo.

C)Germinação na espuma fenólica

Na germinação com espuma fenólica iremos precisar dos seguintes produtos:

– Espuma fenólica

– Palito de dente

– Fita adesiva

– Papel

Pegue uma célula de espuma fenólica, faça um pequeno furo no centro e coloque ali a semente. Molhe e coloque em uma vasilha, de preferência com tampa, para ficar protegida.

Como a espuma é pequena você fará a identificação da seguinte maneira:

– Escreva o nome da variedade num papel

– Pegue o palito de dente, coloque ao lado do papel e cole a fita adesiva deixando como a foto anexada abaixo.

D)Germinação no Algodão

Na germinação com algodão iremos precisar dos seguintes produtos:

– Algodão

– Copo plástico

– Palito de sorvete

Coloque uma camada de algodão no fundo do copo, molhe apenas para umedecer o algodão, não encharque. Não faça furos no copo. Coloque no centro do algodão a semente e depois coloque o palito de sorvete na lateral do copo com os dados da variedade colocada para germinar. Se você achar necessário pode ainda usar a caneta para cd e a fita crepe para identificar a variedade.

Molhe todos os dias, ou sempre que o algodão estiver secando. Se a temperatura for acima dos 33º será necessário colocar água pela manhã e no final da tarde.

ESTUFA

A estufa serve para auxiliar na germinação.

A temperatura para germinar deve ser entre 23° e 29° C.

Em regiões com temperaturas baixas é necessário deixá-las em um local em que a temperatura esteja nesta faixa, ou usar uma estufa.

A estufa pode ser feita de diversas maneiras.

No fórum existem várias matérias de como fazer uma estufa

NOTAS IMPORTANTES

– Nunca deixe de identificar as sementes colocadas para germinar.

– Não deixe de fazer as regas pois nesta fase as sementes precisam apenas de calor e água para nascer e desenvolver

– Evite deslocar as sementes do algodão e da espuma fenólica, isso pode ocasionar lesão nas raízes que estão se desenvolvendo, estas podem ser muito pequenas e havendo o deslocamento serão rompidas e não irão germinar.

– Excesso ou falta de água também pode prejudicar a germinação.

– Sementes não precisam ir ao sol e nem tomar banho de chuva.

– Fique sempre atento nas identificações feitas com a caneta para cd e a fita crepe, se estiverem apagando deve-se fazer a troca ou remarcação.

Fonte: [ Pimentas na Net ]

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Alimentos, Cultivo, Sementes, Técnicas

2 Respostas para “Germinação de pimentas

  1. João Paulo

    Húmus é húmus de minhoca são coisas distintas.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Mário dos Santos Júnior

    Depois de plantar as sementes em espuma fenólica, devo jogas apenas água ?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s