O efeito da poluição atmosférica nas plantas

Gases poluentes dos centros urbanos alteram o funcionamento normal das plantas podendo levá-las à morte.

A poluição atmosférica alcança níveis cada vez mais altos nos grandes centros urbanos. Essa poluição vem principalmente da queima de combustíveis fósseis dos automóveis e indústrias. Os poluentes atmosféricos mais nocivos para as formas de vida são: monóxido de carbono (CO), dióxido de carbono (CO2), dióxido de nitrogênio (NO2) e ozônio (O3). Esse último é vital para a sobrevivência da vida na terra por bloquear os raios ultravioletas nas camadas mais altas da atmosfera, mas quando está presente próximo a superfície terrestre é capaz de ser muito nocivo para seres humanos, animais e principalmente para as plantas. 

As plantas absorvem todos os gases que estão ao seu redor. Esses gases entram por aberturas bem pequenas nas folhas, chamadas de estômatos. Os estômatos são estruturas que permitem a planta transpirar e realizar as suas trocas gasosas. Um gás nocivo entra pelos estômatos por difusão, alcança as regiões mais internas das plantas e modificam o funcionamento normal das células vegetais. Os efeitos desses gases podem variar com o clima, idade da planta ou quantidade do gás, mas sabe-se que o ozônio tem efeitos graves como a redução da fotossíntese, do crescimento, queda de folhas, danos no caule, necroses dos tecidos, entre outros podendo até causar a morte da planta.  O gás carbônico até que é muito importante para as plantas, mas quando existe em grandes quantidades nas plantas causam alteração do pH celular podendo levar a célula à morte. 

As principais plantas atingidas são as que se encontram nas cidades em parques, praças, jardins e nas áreas urbanas por terem um maior contato direto com gases nocivos. Mas as plantas de plantações fora dos centros urbanos também são afetadas. Uma planta que cresce num ambiente com ar poluído tem menor produtividade e diminuição na sua defesa contra patógenos e eventos do clima. Essas coisas, à longo prazo, podem causar escassez e aumento do custo dos alimentos. Já a vegetação urbana é muito importante para o bem-estar e saúde humana. Já foi falado um pouco sobre isso no post sobre áreas verdes urbanas.  

Podemos evitar ou diminuir a quantidade de gases tóxicos na atmosfera com atitudes simples como diminuição da queima de combustíveis fósseis, adoção de meios de transporte mais sustentáveis, diminuição do lixo produzido e do consumo. Atitudes simples que podem contribuir para a sobrevivência de todas as plantas do globo.

Autor: José Pontes

Divulgar a ciência para o combate à cegueira botânica, ao anticientificismo e o negacionismo científico para o progresso da humanidade.

2 comentários em “O efeito da poluição atmosférica nas plantas”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.