Arquivo da tag: Absinto

Artemísia, a planta do absinto, combate o câncer

DSC_3040

A erva chinesa pouco conhecida pode ser elegível para a crescente lista de assassinos de câncer através de métodos alternativos de tratamento. De acordo com estudos publicados em Life Sciences, Cancer Letters and Anticancer Drugs, Artemisinina, um derivado da planta artemísia comumente usada na medicina chinesa, pode matar células cancerosas, e fazê-lo a uma taxa de 12.000 células cancerosas para cada célula saudável.

“Por si só, a artemisinina é cerca de 100 vezes mais seletivo em matar as células cancerosas ao contrário de células normais. A artemisinina é 34.000 vezes mais potente em matar as células cancerosas ao contrário de seus primos normais. Assim, o processo de marcação parece ter um grande aumento da potência das propriedades anticancerígenas de artemisinina. “- Henry Lai

+ infos (em inglês): [ The Colective Evolution ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Caso Drauzio Varella

SiSTSP – Absinto (Artemisia absinthium)

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis
| Projeto Tudo Sobre Plantas
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
NOME CIENTIFICO: Artemisia absinthium
NOME(S) POPULAR(ES): Absinto, Artemísia, Losna, Absinto-comum, Absinto-grande, Absinto-maior, Absíntio, Absíntio-comum, Acinto, Acintro, Aluína, Alvina, Amargosa, Artemísia, Citronela-maior, Erva-dos-bichos, Erva-dos-cem-gostos, Erva-dos-velhos, Erva-santa, Erva-dos-vermes, Flor-de-diana, Gotas-amargas, Grande-absíntio, Grande-absinto, Losma, Losna-branca, Losna-de-dioscórides, Losna-maior, Sintro, Vermute
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
O absinto é uma planta de sabor amargo e aspecto delgado, com folhas verde-cinza e pequenas flores amarelas.

Quem já provou um chá de losna conhece a principal característica desta planta: o sabor amargo. E dizem que essa característica foi até citada num provérbio de Salomão que teria declarado: “a infidelidade, ainda que possa ser excitante e doce no seu início, costuma ter um fim amargo como a losna”.

Na Grécia Antiga esta planta era dedicada à Ártemis, deusa da fecundidade e da caça. Daí a origem de seu nome científico.

Popularmente, a losna também é conhecida como absinto, erva-do-fel, alenjo, erva-de-santa-margarida, sintro e erva-dos-vermes.

As propriedades aperitivas (estimulante do apetite), vermífugas e estomacais explicam o uso da planta no preparo do vermute e do licor de absinto, entretanto, vale lembrar que a presença de uma substância tóxica – a tuinona – pode produzir efeitos altamente perigosos.

O uso intenso e prolongado pode causar habituação, declínio físico e mental e provocar nervosismo, ansiedade e cãibras.

Doses altas podem causar dores de cabeça e tonturas. Doses mais altas são psicoativas e têm efeitos paralisantes.[3]

É importante lembrar que a losna ou absinto (Artemisia absinthium L.) não deve ser confundida com outra planta muito conhecida: o abrótano (Artemisia abrotanum L.) que apresenta folhas mais finas e sabor agradável.[4]
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=112
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Registro atualizado em: 21/01/2014 16:28:32, por Anderson Porto.
=-=-

1 comentário

Arquivado em SiSTSP