Arquivo da tag: Artigos

Nature publica especial sobre biocombustíveis

Por Elton Alisson

Edição, com artigos científicos e reportagens que abordam os biocombustíveis sob diferentes perspectivas, tem apoio da FAPESP (Nature)

Agência FAPESP – A revista Nature lançou, em sua edição atual, um suplemento especial sobre biocombustíveis. A publicação tem apoio da FAPESP, do Biotechnology and Biological Sciences Research Council (BBSRC) do Reino Unido, do BioEnergy Science Center (BESC), ligado ao Departamento de Energia dos Estados Unidos, e das empresas Ceres e BP.

Intitulado Semeando substitutos para combustíveis fósseis, o suplemento reúne artigos e reportagens que abordam os biocombustíveis sob diferentes perspectivas.

Moving forward with biofuels foi escrito por Carlos Henrique de Brito Cruz (diretor científico da FAPESP), Richard Flavell (cientista-chefe da Ceres), Martin Christie (diretor de comunicação e sustentabilidade da BP Biocombustíveis), Janet Allen (diretora de pesquisa da BBSRC), Douglas Kell (CEO da BBSRC), Martin Keller (diretor associado do Oak Ridge National Laboratory) e Paul Gilna (diretor do BESC).

No texto, os autores destacam que os biocombustíveis podem ser uma parte significativa da resposta à pergunta que se faz hoje sobre como a humanidade pode seguir em direção à mobilidade de baixo carbono assegurando, por um lado, o suprimento necessário de alimentos e serviços ambientais suficientes e, por outro, minimizando ou mesmo revertendo a produção de gases de efeito estufa, em um contexto no qual se prevê que o uso de energia deverá dobrar até 2050.

Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Artigos, Biocombustíveis, Meio Ambiente, Reciclagem

Orixá Ossaim

por Babalorixa Eurico d´ Oxalá

Osanyin é o orixá das folhas sagradas, ervas medicinais e litúrgicas, identificado no jogo do merindilogun pelo odu iká e representado materialmente e imaterial pela cultura Jeje-Nago, através do assentamento sagrado denominado igba ossaim.

Sua importância é primordial. Nenhuma cerimônia pode ser realizada sem sua interferência. O seu sacerdote é o Babá Olosayin.

Ferramenta de Osanyin

É o detentor do axé (força, poder, vitalidade), de que nem mesmo os Orixás podem privar-se. Esse axe encontra-se em folhas e ervas específicas. O nome dessas folhas e o seu emprego é a parte mais secreta do ritual do culto dos Orixá, Vodun e Inkice.

O símbolo de Osanyin é uma haste de ferro de cuja extremidade superior partem sete pontas dirigidas para o alto. A do centro é encimada pela imagem de um pássaro.

Osanyin é o companheiro constante de Ifá. É representado por uma sineta de ferro forjado, terminada por uma haste pontuda enfiada em uma grande semente. A haste é fincada no chão, ao lado do osun (o asen dos fon) do babalawo. Por sua presença, Osanyin traz a influência das folhas para as operações da adivinhação.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Entre o conhecimento popular e o científico

Entre o conhecimento popular e o científico

http://www.comciencia.br/reportagens/fito/fito1.htm

A fitoterapia tem se tornado cada vez mais popular entre os povos de todo o mundo. Há inúmeros medicamentos no mercado que utilizam em seus rótulos o termo “produto natural”. Produtos à base de ginseng, carqueja, guaraná, confrei, ginko biloba, espinheira santa e sene são apenas alguns exemplos. Eles prometem, além de maior eficácia terapêutica, ausência de efeitos colaterais. Grande parte utiliza plantas da flora estrangeira ou brasileira como matéria-prima. Os medicamentos à base de plantas são usados para os mais diferentes fins: acalmar, cicatrizar, expectorar, engordar, emagrecer e muitos outros.

É essa utilização das plantas para o tratamento de doenças que constitui, hoje, um ramo da medicina conhecido como fitoterapia. A fitoterapia, apesar de ser considerada por muitos como uma terapia alternativa, não é uma especialidade médica, como a homeopatia ou a acupuntura, e se enquadra dentro da chamada medicina alopática.

O uso das plantas como remédio é provavelmente tão antigo quanto a própria humanidade. Nas Ilhas Oceânicas, por exemplo, há séculos a planta kava kava (Piper methysticum) é usada como calmante. Durante muito tempo, foi utilizada em cerimônias religiosas, para um tipo de “efeito místico”. Depois, cientistas alemães comprovaram que seu extrato tem efeito no combate à ansiedade.

No entanto, é preciso ter cautela. A crença popular de que as plantas não fazem mal, estimulada ainda mais por fortes apelos de marketing, faz com que o quadro fique um tanto distorcido. “Havia um conceito pré-estabelecido, popular, de que o que vem da natureza não faz mal. Isso não é correto”, lembra Elisaldo Carlini, pesquisador do Departamento de Psicofarmacologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Fitoterápicos, Plantas Medicinais

Dráuzio Varella e a Fitoterapia no Brasil

por Prof. Douglas Carrara

Sou antropólogo e pesquisador de medicina popular e fitoterapia há vários anos no Brasil. Imaginem a surpresa e a indignação ao ler a matéria na revista Época de Agosto/2010 sobre a prática da fitoterapia no serviço público no Brasil. No entanto é necessário agradecer ao Dr. Dráuzio Varella pela iniciativa. Agora temos um representante da indústria farmacêutica com quem dialogar. Sinal dos tempos! A fitoterapia e o projeto Farmácias Vivas já começam a incomodar e a causar prejuízos à indústria farmacêutica …

Analisando os países mais avançados do mundo e que utilizam em grande escala os medicamentos produzidos pela indústria farmacêutica, verificamos que os resultados obtidos pela medicina considerada científica são pífios. Os Estados Unidos possuem os índices de câncer de mama e de próstata mais elevados do mundo. Em 1993 haviam nos EUA, 8 milhões de diabéticos, uma das mais altas do mundo. Com relação às doenças cardio-vasculares também os americanos são campeões. Nesse país onde se utiliza a “medicina de rico”, no entender esclarecido do Dr. Dráuzio Varella, os pacientes são tratados com medicamentos de última geração e equipamentos modernos de alto custo. Investe-se muito em medicina e quase nada em saúde da população.

Por outro lado, nos países onde se pratica a “medicina de pobre”, para citar novamente o ilustre médico Dr. Dráuzio Varella, os índices de doenças degenerativas, tais como, cânceres, doenças cardio-vasculares, diabetes, são baixíssimos. Nos EUA, ocorrem 120 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes, enquanto na China apenas 20.

Inclusive as imigrantes chinesas que vivem nos Estados Unidos, acabam atingindo os índices absurdos e epidêmicos da população americana. Em São Francisco, a cada ano surgem 160 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes que migraram da cidade de Xangai, na China, enquanto, na mesma faixa etária, as que permaneceram, apenas 40 casos surgiram da mesma doença.

Portanto a medicina avançada dos países do primeiro mundo não colabora em nada para promover a saúde de seus habitantes. Por que então importarmos a mesma medicina que não se preocupa com a promoção da saúde e que parece considerar a doença um negócio melhor do que a saúde?

Continuar lendo

5 Comentários

Arquivado em Alimentos, Biopirataria, Biotecnologia, Caso Drauzio Varella, Cultivo, Doenças, Fitoterápicos, Orgânicos, Plantas Medicinais

Como cultivar rosas?

Rosa soroptmista

.
Elas ganharam notoriedade por estarem vinculadas ao nosso dia a dia como presentes em forma de buquês, arranjos e até sozinhas.

 

A mais famosas das flores, cantada em verso e prosa por autores de todos os tempos, está ligada Vênus e ao amor. Acredita-se que ela tenha surgido na Pérsia e conquistadores árabes a tenham levado para outras partes do mundo.

Continuar lendo

5 Comentários

Arquivado em Cultivo, Flores, Técnicas

Farinha de Casca de Maracujá

Farinha de maracujá

Você já deve ter ouvido falar que casca de maracujá é boa para quem tem diabetes ou para emagrecer. Se não ouviu, saiba que isso é verdade! O segredo está na casca que contém uma substância chamada pectina.

Essa substância atua na diminuição da taxa de açúcar no sangue e impede a absorção de gordura dos alimentos pelo organismo. A parte branca da casca é onde contém a maior parte dessa substância. A casca de maracujá, em geral, é consumida na forma de farinha.

Um estudo feito pela Universidade Federal da Paraíba com 17 mulheres com colesterol alto comprovou que a farinha de casca de maracujá possui efeito emagrecedor e protege o coração (por reduzir gordura). O colesterol ruim (LDL) reduziu e também perderam peso, após 70 dias de uso! Houve mulheres que perderam até oito quilos!

Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em Alimentos, Curiosidades, Emagrecimento, Técnicas

Por que assinar o projeto Tudo Sobre Plantas ?

Para se cadastrar, <<< [  CLIQUE AQUI ] >>>

Ao longo de 08 (oito) anos de projeto, testamos várias fórmulas para tentar criar um projeto que se mantivesse “sozinho“, sem ajuda financeira de empresas patrocinadoras.

Vejamos as tentativas:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Árvores, Bambu, Biocombustíveis, Biodiversidade, Biopirataria, Biotecnologia, Bonsai, Cannabis, Controle biológico, Cultivo, Curiosidades, Doenças, Emagrecimento, Exposição, Fitoterápicos, Flores, Fotos, Frutas, Herbicidas, Homeopatia, Listagens, Meio Ambiente, Mudas, Orgânicos, Plantas Medicinais, Pragas, Reciclagem, Sementes, Técnicas, Transgênicos, Vídeos, Votação

observando as flores…

Você já olhou uma flor hoje? Viu o quanto ela é perfeita ? Já sentiu o vento e o calor do sol? Já viu a lua no céu e as estrelas que brilham?

Se ainda não viu, ainda dá tempo, a Natureza ainda esta ainda está aí, ainda temos a chance de nos conectarmos a ela, de nos renovarmos junto a ela, de agradecermos pela vitalidade que ela nos transmite…

Parece que o tempo passa tao rápido, que as vezes esquecemos o mais importante, esquecemos no nosso corrido quotidiano do porque estamos nesse planeta, esquecemos por que respiramos, por que andamos, sentimos e falamos. Às vezes esquecemos até que estamos vivos…

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Flores, Meio Ambiente

Tiamina

Tiamina

Vários produtos são utilizados para enraizamento porém, nenhum tão formidável quanto a Tiamina – Vitamina B1. Quem já não fez um transplante de vaso e se deparou com aquela quantidade enorme de raízes. Sonho? Não, isto é a realidade graças a este enraizador combinado com um bom solo. Alguns Bonsaístas pensam que é um hormônio, adubo, etc.

• 1. O que é a Tiamina?
Tiamina é a Vitamina B1, a mesma usada em seres homanos. Sua fórmula é:
3 – [(4 – Amino – 2 Metilpirimidina) Metil] – 5 – ( 2 – Hidroxietil) – 4 Metiltiazol Cloridrico Monocloridrato.

• 2. Quais são suas indicações?
a) Alporquia e Estaquia
b) Recuperação de raízes após poda radicular (De raízes).
c) De uso eficiente quando usamos o escorredor de macarrão na recuperação das raízes.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Bonsai, Técnicas

O cassino alimentício

O cassino alimentício

Fonte: http://www.msia.org.br

Se alguém ainda tem dúvidas sobre a necessidade de uma nova regulamentação do sistema financeiro e a imposição de drásticas restrições à especulação, principalmente com produtos que têm impacto direto no bem estar das sociedades, como os alimentos e a energia, um artigo do jornalista inglês Johann Hari, no The Independent de 2 de julho (“How Goldman gambled on starvation“), deveria dirimi-las de vez.

Em um texto contundente, ele descreve a maneira desavergonhada com que os especuladores financeiros promoveram a disparada dos preços alimentícios no período 2006-08, cujo resultado direto foi o agravamento da fome em um grande número de países pobres. Sua indignação é explícita: “Os especuladores criaram um cassino em que as fichas eram os estômagos de milhões. O que isto diz do nosso sistema em que podemos, tão casualmente, infligir tanta dor?”

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Alimentos