Arquivo da tag: Clima

Sobre a Floresta Amazônica e o papel do Brasil nas Mudanças Climáticas

Nós vivemos num mundo capitalista, correto? A floresta Amazônica é importante para o equilíbrio do clima do mundo? Ótimo! Então criem um fundo de manutenção da floresta que permita o desenvolvimento sustentável da região e suspendam a DIVIDA PÚBLICA BRASILEIRA pelo tempo em que o Brasil cumprir as exigências do fundo. Num mundo capitalista a floresta em pé tem valor, resta saber quem está disposto a pagar.

Anderson Porto
www.TudoSobrePlantas.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Banco de Sementes, Biodiversidade, Biopirataria, Ecologia, Etnobotânica, Meio Ambiente

Plantas da Amazónia regulam o clima da região

Plantas libertam pequenas partículas de potássio no ar
(Imagem: Jason Auch)

Vegetação altera a química atmosférica

Segundo um estudo publicado na revista «Science», realizado por uma equipa de investigadores internacionais, as plantas da floresta Amazónia [?], no Brasil, determinam o clima.

O grupo de trabalho recolheu amostras de ar numa torre localizada a 80 metros de altura para analisar no acelerador de partículas norte-americano e descobriu que a vegetação existente na floresta brasileira liberta pequenas partículas de potássio que vão fazer com que chova.

Os cientistas que realizaram a experiência afirmam que 90 por cento das partículas de aerossóis, responsáveis por agregar água atmosférica em gotículas de chuva, contêm essas pequenas doses de potássio.

Os investigadores já sabiam da existência de sais de potássio em suspensão, mas não sabiam qual a sua origem. Consideram que o potássio apenas pudesse estar contido em partículas orgânicas maiores, e só apareceria depois de se degradar e não em pequenas partículas com 20 nanómetros.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Estudos, Meio Ambiente

Entrevista: A mentira climática e suas conseqüências

Entrevista: “A mentira climática e suas conseqüências”.

Entrevistado: Professor Molion  – lcmolion@gmail.com

Entrevistador: Eng. Fendel – www.fendel.com.br

Fendel: É para mim uma grande honra poder entrevistar o brasileiro que está desmontando a falácia  do aquecimento global, de uma maneira simples, objetiva e contundente. Gostaria de saber como meu Professor convive num ambiente dito científico, catedrático, se exatamente deste meio surgiu o grande engôdo, e o IPCC se diz respaldado pelos cientistas que fraudam dados, métodos e resultados.

Molion:  Sou criticado pelos “cientistas” que fazem parte da fraude do Aquecimento Global Antropogênico (AGA) e alguns deles ocupam lugar de destaque no atual governo. Por outro lado, tenho apoio, muitas vezes não ostensivo, de boa parte da comunidade científica envolvida com estudos climáticos, que inclui geógrafos e engenheiros ambientais.

Ao submeter projetos e artigos, também sofro retaliações, particularmente se esses caem nas  mãos dos que defendem o AGA.

Com relação ao respaldo que o IPCC teve dos 2.500 cientistas (?), uma análise revelou que apenas 5 (cinco) desses eram da área de clima. Os outros, de outras áreas, incluindo advogados, médicos e economistas.

Alguns conhecidos meus desistiram de rever o texto,  porque as sugestões e críticas feitas não foram aceitas pelos organizadores do Relatório.

Portanto, o caráter científico do 4º Relatório do IPCC (2007)  é deveras questionável. A manipulação de dados, feita pelas duas instituições que são responsáveis pelo banco de dados utilizado pelo IPCC, notadamente a Unidade de Pesquisa do Clima/Universidade de East Anglia (CRU/UEA), Inglaterra, e pelo Instituto Goddard para Estudos Espaciais (GISS/NASA), EEUU,  é prática normal, pois existe muito dinheiro para pesquisas em mudanças climáticas.

O orçamento das entidades governamentais americanas nessa área só para este ano é US$ 2,6 bilhões. Muito dinheiro disponível corrompe muitos dos “pesquisadores” que concordar em provar que o AGA é real.

Continuar lendo

3 Comentários

Arquivado em Entrevistas, Meio Ambiente

Plantas desempenham papel mais importante do que se pensava na limpeza da atmosfera

Por Natasha Romanzoti

Uma pesquisa recente afirma que a vegetação desempenha um papel maior do que o pensado na limpeza da atmosfera.

Graças a observações, estudos de expressão gênica e modelagem por computador, os pesquisadores puderam demonstrar que as plantas caducifólias absorvem cerca de um terço mais poluentes químicos atmosféricos de do que se pensava anteriormente.

Segundo os cientistas, as plantas ativamente consumem certos tipos de poluentes. A equipe focou em uma classe de substâncias químicas conhecidas como compostos orgânicos voláteis oxigenados, que podem ter um impacto a longo prazo sobre o ambiente e a saúde humana.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Plantas ficam diabéticas, obesas e morrem antes

Um estudo do cientista Marcos Buckeridge, do Departamento de Biociências da USP, revela que o aumento na concentração de CO2, em combinação com o aumento de temperatura e chuvas, produz um efeito fertilizante, mas doentio nas plantas. É como se elas estivessem se tornando “diabéticas e obesas”, nas palavras do cientista.

A reportagem é de Soraya Aggege e publicada pelo jornal O Globo, 21-04-2009.

– As plantas consomem mais açúcar e ficam maiores. Desconhecemos o impacto disso ainda – diz Buckeridge.

Segundo ele, foram analisadas folhas de várias espécies, como o jatobá.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Meio Ambiente