Um outro ponto de vista sobre as ditas “pragas indesejadas”

Tenho lido na Internet em vários artigos e publicações o termo “pragas”. De uns 6, 8 anos para cá esse termo tem me incomodado muito, por ter percebido uma outra forma de entender esse “bichos que atacam a horta”.

O que já percebi é que essas ditas “pragas indesejáveis” são na verdade servidores ambientais cumprindo tarefas relacionadas ao equilíbrio de uma região da Natureza.

Para piorar fica ruim para o EGO perder o controle do cultivo. Vale lembrar que estamos oferencendo um banquete quando cultivamos e aprendemos que o “melhor” é comprar / consumir alimentos “limpinhos”, “sem manchas ou defeitos”, “brilhando”… Enfim, com melhor aparência.

O que acontece é que ali, naquele cultivo, está acontecendo um desequilíbrio e os servidores ambientais estão atuando para corrigir (“reequilibrar”) a situação. Percebe?

Algumas plantas estão enfrentando problemas e solicitam ajuda através de sinais químicos para que, por ex., insetos removam suas folhas.

Dá pena? Dá. Faz parte? Faz.

Se quisermos afastá-os de forma mais eficaz precisamos corrigir os fatores básicos que fazem parte do desequilíbrio: atenção, cuidado, pH do solo / substrato, CTC, iluminação, umidade do ar, irrigação, nutrientes.

Na falta dessa correção – o nosso papel – aparecem os servidores ambientais. Eles atuam na recuperação de uma determinada situação. Infelizmente, por necessitarmos do controle do cultivo, aprendemos a encará-los como ameaças.

Hoje entendo que dá facilmente, em pequenos cultivos, para conviver com eles, fazendo o que temos para fazer vibrando AMOR.

Abraços!

Anderson Porto
http://www.TudoSobrePlantas.com.br

Por que assinar o projeto Tudo Sobre Plantas ?

Para se cadastrar, <<< [  CLIQUE AQUI ] >>>

Ao longo de 08 (oito) anos de projeto, testamos várias fórmulas para tentar criar um projeto que se mantivesse “sozinho“, sem ajuda financeira de empresas patrocinadoras.

Vejamos as tentativas:

Continue Lendo “Por que assinar o projeto Tudo Sobre Plantas ?”

Besouro atacando coqueiro

Adultos (macho e fêmea) de broca-do-coqueiro (Rhynchophorus palmarum).
Foto: Paulo Manoel Pontes Lins
Existe um besouro chamado Rhynchophorus palmarum, que ataca Arecaceaes depositando ovos em incisões na base do ráquis.

Ao eclodirem, as larvas fazem galerias nos tecidos das plantas, principalmente na gema apical, no pecíolo das folhas novas e no estipe mole.

Esse besouro é vetor de um nematóide (Rhadinaphelenchus cocophilus), que provoca uma doença chamada mal do anel-vermelho-do-coqueiro. O sintoma dessa doença é o contínuo amarelecimento das folhas.

Continue Lendo “Besouro atacando coqueiro”

Mobilização popular pela defesa do Código Florestal

As nossas florestas estão em perigo! Deputados ruralistas querem destruir o Código Florestal Brasileiro, liberando o desmatamento de áreas protegidas por lei, especialmente na Amazônia.

Nesta terça-feira dia 1 de junho nossas florestas irão sofrer um ataque perigoso – deputados da “bancada ruralista” estão tentando destruir o nosso Código Florestal, buscando reduzir dramaticamente as áreas protegidas, incentivando o desmatamento e crimes ambientais.

Desde a criação do mais moderno e perfeito codigo florestal conhecido mundialmente, a Lei 4771/1965 – as secretarias da Agricultura de todos os estados Brasileiros, não o respeitaram permitindo a implantação de canaviais, pastagens, lavouras de soja, milho, plantio de Pinus e eucaliptos até as margens de rios, destruindo corredores de fauna, matando e assoreando os rios, não respeitaram os percentuais da reserva Legal de 20% para todos os imóveis rurais, não averbaram essas reservas nos respectivos registros de imoveis, não respeitaram as areas de preservação permanente que são os topos de morros, encostas ingremes, corregos, fontes, tudo sendo destruido com a complascencia das agencias bancarias oficiais – BANCO DO BRASIL e BNDEs, BRDE, entre outros que nunca respeitaram a Lei.

Continue Lendo “Mobilização popular pela defesa do Código Florestal”

Estudantes distribuem sementes de planta que age contra mosquito da dengue

Estudantes de Rondonópolis irão distribuir sementes de crotalária contra a dengue.

Crotalária. Foto: EMBRAPA Agrobiologia

Da assessoria

Alunos do Colégio Adventista de Rondonópolis realizam durante toda esta quinta-feira (13) campanha de conscientização da população acerca do combate ao mosquito da dengue. O trabalho é parte do evento “Um dia de esperança para o planeta”, que abrange toda a rede adventista da América Latina e tem as Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Saúde como parceiras.

Os estudantes vão efetuar a entrega de sementes e mudas da Crotalaria juncea (nome científico da planta conhecida como crotolária) durante todo o dia, em diversos pontos da cidade.

Continue Lendo “Estudantes distribuem sementes de planta que age contra mosquito da dengue”