Arquivo da tag: Cursos

Projeto em favela carioca ensina a aproveitar alimentos em vez de descartá-los

por Gerardo Lissardy
BBC Mundo no Rio de Janeiro

Um projeto no Morro da Babilônia, na Zona Sul do Rio de Janeiro, está ajudando os moradores locais a evitar o desperdício e a aproveitar melhor o nutriente de seus alimentos.

Iniciativa no Morro da Babilônia dá cursos com receitas de pratos que usam cascas de melancia e de maracujá, talos de brócoli e sementes, entre outros.

A iniciativa Favela Orgânica, fundada pela empregada doméstica Regina Tchelly, ministra oficinas ensinando a usar partes de alimentos muitas vezes consideradas restos – cascas de melancia ou maracujá, talos de brócolis e sementes, por exemplo – para produzir pratos diferentes e nutritivos.

O Favela Orgânica começou no ano passado, com um investimento de cerca de R$ 160.

Hoje, conta com uma equipe de 16 pessoas, que oferecem cursos em diferentes favelas cariocas, cobrando R$ 10 de cada participante.

Um desses cursos será parte da conferência de desenvolvimento sustentável Rio+20, que a ONU realizará em junho no Rio de Janeiro.

Fonte: [ BBC Brasil ]

1 comentário

Arquivado em Alimentos, Cursos

Rosas são as flores de maior popularidade e comercialização

Para produzir rosas é preciso, além de dedicação, muita técnica

Quando se fala em flores, a primeira imagem que chega à mente é a rosa.

Quando se fala em flores, a primeira imagem que chega à mente é a rosa. A roseira sempre desempenhou papel de destaque entre as plantas ornamentais, sendo hoje uma das floríferas mais apreciadas no mundo, propiciando efeitos raros de harmonia e beleza. Seu cultivo data das mais remotas eras e, assim, a rosa tem atravessado os tempos e as civilizações como medicamento, representando medalhas, condecorações, dinheiro, beleza e amor.

O gosto pelas flores atravessou séculos, culturas e, hoje, seu uso é muito popular em datas como o dia dos namorados, aniversários e comemorações. Têm diferentes significados e, portanto, devem ser adequadamente escolhidas para as diferentes situações. Dentre elas as rosa são as mais vendidas e mais divulgadas no mundo. Além de serem símbolo nacional da Inglaterra e dos Estados Unidos, pode-se dizer, sem medo, que não existe nenhuma outra que as alcance em popularidade e comercialização.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Artigos, Cultivo, Cursos, Flores

Fundamentos da Aromaterapia em curso teórico e prático sobre óleos essenciais (Niterói) – Com Arnaldo V. Carvalho

Por Arnaldo

Curso Básico de Aromaterapia

Curso teórico-prático sobre óleos essenciais, graxos e tratamentos

Com Arnaldo V. Carvalho*

Aromaterapia, campo de saber multidisciplinar, que abrange conhecimentos de botânica, química, farmacologia, neurociência, conhecimentos tradicionais, fisiologia humana, ecologia, entre outros.

A partir de outubro, em Niterói, o terapeuta e Professor Arnaldo V. Carvalho ensinará os principais fundamentos da técnica, com a qual se poderá beneficiar a própria saúde e a de todos em volta com o poder curativo das plantas aromáticas e seus óleos essenciais. Há muitos diferenciais em relação a outros cursos de aromaterapia. Leia os objetivos, conteúdos e diferenciais, e saiba mais sobre esse curso tão especial.

30 de outubro; 13 e 27 de novembro; 11 de dezembro (nesse dia a aula começa 11H – e inclui almoço aromático).

OBJETIVOS: Trazer as bases fundamentais na compreensão e perfeita utilização de óleos essenciais, ácidos graxos e demais matérias-primas e técnicas da aromaterapia; Fornecer ao aluno um panorama detalhado do mercado e das técnicas associadas; Permitir que o aluno possa produzir com qualidade e segurança produtos de aromaterapia para utilização pessoal ou profissional; Conhecer os principais óleos essenciais e óleos gordos utilizados no mercado europeu e mundial para a prática de aromaterapia, inclusive com sua descrição geral e propriedades terapêuticas.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Cursos

Dráuzio Varella e a Fitoterapia no Brasil

por Prof. Douglas Carrara

Sou antropólogo e pesquisador de medicina popular e fitoterapia há vários anos no Brasil. Imaginem a surpresa e a indignação ao ler a matéria na revista Época de Agosto/2010 sobre a prática da fitoterapia no serviço público no Brasil. No entanto é necessário agradecer ao Dr. Dráuzio Varella pela iniciativa. Agora temos um representante da indústria farmacêutica com quem dialogar. Sinal dos tempos! A fitoterapia e o projeto Farmácias Vivas já começam a incomodar e a causar prejuízos à indústria farmacêutica …

Analisando os países mais avançados do mundo e que utilizam em grande escala os medicamentos produzidos pela indústria farmacêutica, verificamos que os resultados obtidos pela medicina considerada científica são pífios. Os Estados Unidos possuem os índices de câncer de mama e de próstata mais elevados do mundo. Em 1993 haviam nos EUA, 8 milhões de diabéticos, uma das mais altas do mundo. Com relação às doenças cardio-vasculares também os americanos são campeões. Nesse país onde se utiliza a “medicina de rico”, no entender esclarecido do Dr. Dráuzio Varella, os pacientes são tratados com medicamentos de última geração e equipamentos modernos de alto custo. Investe-se muito em medicina e quase nada em saúde da população.

Por outro lado, nos países onde se pratica a “medicina de pobre”, para citar novamente o ilustre médico Dr. Dráuzio Varella, os índices de doenças degenerativas, tais como, cânceres, doenças cardio-vasculares, diabetes, são baixíssimos. Nos EUA, ocorrem 120 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes, enquanto na China apenas 20.

Inclusive as imigrantes chinesas que vivem nos Estados Unidos, acabam atingindo os índices absurdos e epidêmicos da população americana. Em São Francisco, a cada ano surgem 160 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes que migraram da cidade de Xangai, na China, enquanto, na mesma faixa etária, as que permaneceram, apenas 40 casos surgiram da mesma doença.

Portanto a medicina avançada dos países do primeiro mundo não colabora em nada para promover a saúde de seus habitantes. Por que então importarmos a mesma medicina que não se preocupa com a promoção da saúde e que parece considerar a doença um negócio melhor do que a saúde?

Continuar lendo

5 Comentários

Arquivado em Alimentos, Biopirataria, Biotecnologia, Caso Drauzio Varella, Cultivo, Doenças, Fitoterápicos, Orgânicos, Plantas Medicinais

Por que assinar o projeto Tudo Sobre Plantas ?

Para se cadastrar, <<< [  CLIQUE AQUI ] >>>

Ao longo de 08 (oito) anos de projeto, testamos várias fórmulas para tentar criar um projeto que se mantivesse “sozinho“, sem ajuda financeira de empresas patrocinadoras.

Vejamos as tentativas:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Árvores, Bambu, Biocombustíveis, Biodiversidade, Biopirataria, Biotecnologia, Bonsai, Cannabis, Controle biológico, Cultivo, Curiosidades, Doenças, Emagrecimento, Exposição, Fitoterápicos, Flores, Fotos, Frutas, Herbicidas, Homeopatia, Listagens, Meio Ambiente, Mudas, Orgânicos, Plantas Medicinais, Pragas, Reciclagem, Sementes, Técnicas, Transgênicos, Vídeos, Votação

Hortas comunitárias

Horta comunitária na Zona Leste de São Paulo

Por mais cidades sem fome

Hans Dieter Temp, idealizador da ONG Cidades sem Fome, conta sobre os desafios e as grandes transformações que envolvem a criação de uma horta comunitária. As 21 hortas do projeto rendem mais de 500 reais por mês para 110 pessoas carentes e beneficiam até 660 pessoas, em São Paulo. Agora, o desafio é expandir as plantações para outras regiões pelo Brasil

Thays Prado – Edição: Mônica Nunes
Planeta Sustentável – 28/06/2010

No país do “em se plantando tudo dá”, e com a ajuda da tecnologia, todo solo pode ser cultivado. Isso é o que diz a experiência do gaúcho que mora em São Paulo, Hans Dieter Temp, fundador da ONG Cidades sem Fome.

No final da década de 90, quando ia visitar sua futura esposa, que morava na Zona Leste da cidade, com os pais, Hans se indignava com o grande número de lotes de terra privados e públicos ociosos que encontrava em seu caminho, muitas vezes ocupados pelo lixo. “Essa região é muito empobrecida, tida como um local dormitório: a maioria dos moradores não apenas trabalha fora, como também gasta seu dinheiro fora dali”, observa Hans.

Mas em vez de por a culpa nas autoridades públicas ou na população ou reclamar para ninguém, ele decidiu que gostaria de tentar transformar a paisagem com que se deparava, preservar o ambiente local e trazer melhorias para a comunidade. Tudo isso com uma saída simples: plantar hortas nos locais abandonados.

Continuar lendo

5 Comentários

Arquivado em Alimentos, Cultivo, Meio Ambiente

Plantas medicinais são alternativa para agricultura familiar

Da Redação

Técnicas de cultivo e uso de plantas medicinais foram temas de um dos dez minicursos destinados à produção familiar durante a Frutal Amazônia e Flor Pará 2010, que acontecem no Hangar – Centro de Convenções da Amazônia, em Belém. O curso, que teve duração de 12 horas, foi encerrado neste sábado (26) com uma visita de campo às instalações do Horto Medicinal da Embrapa Amazônia Oriental-Pa.

No local, produtores de diversos municípios paraenses puderam ver de perto algumas das principais espécies de plantas com propriedades medicinais conhecidas, boa parte delas de naturais da região amazônica.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Cultivo, Mudas, Plantas Medicinais

Escola municipal de Teresina ganha horta de plantas medicinais

A Escola Municipal Ambiental 15 de Outubro, localizada na zona Norte de Teresina, iniciou as atividades do projeto Farmácia Viva e Cidadania, realizado em parceria com uma faculdade. O projeto consiste na revitalização da horta escolar a partir da plantação e do manejo de plantas medicinais, que irão servir como fonte de pesquisa aos alunos do curso de Farmácia da Faculdade e para utilização pela comunidade escolar.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Cultivo, Fitoterápicos, Mudas, Orgânicos, Plantas Medicinais

Guias de Arborização Urbana

É um assunto interessante e recorrente, a necessidade de podar árvores e arborizar as cidades. Eis um vasto material sobre estes assuntos. Divirtam-se!

>>>

Técnicas de arborização urbana inteligente

As árvores não devem ser podadas sem uma boa causa.

A poda pode ser justificada quando os galhos estão colocando em risco a segurança das pessoas, ou se a planta apresenta ramos adoecidos ou secos. Além disso, poda ou qualquer corte de árvores sem autorização da prefeitura é ilegal – consulte as informações da sua cidade.

Continuar lendo

11 Comentários

Arquivado em Árvores, Meio Ambiente, Mudas, Técnicas

Praga Orobanche pode chegar ao Brasil

13 de outubro de 2009 – 08:46h
Autor: A Gazeta

Uma nova praga que atinge as lavouras está sendo monitorada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e os agricultores devem ficar em alerta, porque a proliferação é rápida e o poder dela devastador. A orobanche foi detectada na América do Sul no Chile, Estados Unidos, México e Cuba.

As sementes da parasita podem se espalhar com o vento, água, movimentação no solo de animais, pessoas e implementos agrícolas. Elas também misturam-se a semente das plantas hospedeiras, dificultando o combate. As plantas atingidas sentem o efeito rápido da praga.

Elas secam em alguns meses e a orobanche espalha milhares de sementes com medida entre 0,2 e 0,4 milímetros, que atingem o restante da plantação, que pode ser de fruta, verdura, legumes e grãos.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Pragas