Arquivo da tag: Embrapa

Transgênico ameaça um dos alimentos mais consumidos pelos brasileiros

A liberação comercial de uma variedade de feijão geneticamente modificado – conhecido como transgênico – será votada nesta quinta-feira (15) pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio).

O pedido de liberação foi feito pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O feijão em questão é resistente ao vírus “mosaico dourado” e foi desenvolvido pela Embrapa.

Algumas organizações sociais que acompanham o tema afirmam que essa nova variedade é uma ameaça ao feijão convencional cultivado no Brasil. Para elas, não houve estudos suficientes sobre a ação dos polinizadores (abelha, pássaros, vento, etc.). Além disso, os estudos demonstram falhas na modificação genética das planas testadas. Dos 22 testes feitos, apenas dois resistiram ao vírus.

A assessora jurídica da organização Terra de Direitos, Larissa Parker, lembra que os dados do IBGE mostraram que 70% do feijão consumido pelos brasileiros vêm da agricultura familiar, e que os agricultores controlam o vírus sem a necessidade de alteração genética no grão.

“Esse vírus do mosaico dourado no manejo familiar consegue ser controlado com diversas técnicas que não são as transgênicas.”

Larissa ainda afirma que a Embrapa quer entrar no mercado de transgêncicos para concorrer com as multinacionais Monsanto, DuPont, entre outras.

“A escolha pela tecnologia é uma escolha política do Estado brasileiro. O transgênico tem o incentivo econômico, tem inserção de royalties. Com isso a Embrapa conseguiria ter uma porcentagem no retorno dos royalties dos transgênicos. A Emprapa, que é uma empresa pública, quer entrar na competição com esse tipo de tecnologia para receber as patentes com isso.”

Larissa reforça que a votação do feijão tem sido atropelada e sem a realização de avaliação de riscos a saúde humana.

De São Paulo, da Radioagência NP, Danilo Augusto.

15/09/11

Veja a nota da Terra de Direito.

Continuar lendo

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Alimentos, Técnicas, Transgênicos

Embrapa terá laboratório de fitoterápicos

A Embrapa Agroindústria Tropical está instalando, em sua sede em Fortaleza, um laboratório de química de produtos naturais.

O investimento, segundo o diretor do órgão, Vitor Hugo de Oliveira, é de R$ 8 milhões. A ordem é estudar fitoterápicos.

Vitor Hugo esteve em Brasília, nesta semana, tratando de orçamento do órgão para 2012.

Fonte: [ Blog do Eliomar ]

Deixe um comentário

Arquivado em Caso Drauzio Varella, Fitoterápicos, Notícias

Transgênicos da Embrapa

Rótulo de um produto transgênico

Basicamente o que lerão a seguir é um texto-propaganda babaca, pois força o leitor desinformado a crer que ser ambientalista responsável é ser contra a pesquisa da tecnologia OGM e de sua aplicação de forma ambientalmente segura. É a manipulação da informação.

Quem produz alimentos sabe, desde que a humanidade começou com a agricultura de subsistência, que o combate às pragas na lavoura se faz com cultivos diversos. Se ocorre o ataque de uma praga, apenas parte da lavoura é perdida, pois as demais variedades resistiriam.

A falácia de dizer que criar um “feijão maravilha”, resistente ao vírus do mosaico dourado, é tamanha que esquecem do óbvio: basta uma mutação (que vai ocorrer em menos de 5 a 10 anos) para que um vírus resistente ocorra naturalmente e torne-se predominante.

É assim que a Natureza funciona e qualquer tentativa de burlar esta lei dá com os burros n’água.[7]

Fora a contaminação de espécies crioulas !!! Nós já vimos isto acontecer. Quem acompanha o assunto sabe que, através da polinização, os genes das plantas transgênicas passam para plantas não-transgênicas [5].

Aí, o agricultor que plantou o seu feijão de forma orgânica, respeitando a Natureza, respeitando o solo, a terra, or rios, o mar, os lençóis freáticos, o ar que respiramos; esse agricultor merece uma compensação financeira por ter este respeito; o que acontece? Ele tem seu cultivo criminosamente contaminado e terá que pagar royalties para a Embrapa ??? Isso é justo?

Oras… Ao meu ver, o Xico Graziano deveria se informar melhor, antes de sair fazendo propaganda deste crime contra a agricultura familiar, que é responsável por quase 70% dos alimentos que consumimos !!!

E olha que nem citei os venenos… Fizeram as contas da quantidade de resíduos de agrotóxicos que consumimos indiretamente, através dos alimentos, e chegaram ao valor de 5,6 litros por ano !!!

Vocês tem ideia do mal que faz consumir 5,6 LITROS de agrotóxicos por ano ???

Mas… É aquilo… Melhor voltar pras violetas, begônias… e esquecer este assunto. Não vale a pena…

Anderson Porto

>>>

Feijão maravilha

Autor(es): Xico Graziano
O Estado de S. Paulo – 06/09/2011

Está chegando o transgênico verde-amarelo, maravilha da biotecnologia nacional. Trata-se de uma variedade de feijão resistente à virose. Desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a descoberta vai economizar agrotóxicos e favorecer os agricultores familiares. Golaço da moderna agronomia.

Continuar lendo

9 Comentários

Arquivado em Notícias, Transgênicos

Plantas de mesma espécie se reconhecem e competem entre si

Por Antonio Carlos Quinto – acquinto@usp.br

Raízes de ervilha crescem de forma diferente diante da mesma planta

Experimentos realizados com ervilhas mostraram que plantas da mesma espécie se reconhecem entre si e reconhecem a outras. “A ciência já demonstrou que elas podem reconhecer, inclusive, outras espécies e até mesmo clones”, conta a bióloga Francynês da Conceição Oliveira Macedo. No laboratório de Estresse e Neurofisiologia de Plantas do Departamento de Ciências Biológicas da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, a pesquisadora constatou também que o crescimento das raízes das plantas pode ser influenciado pela presença de raízes vizinhas.

O estudo de Francynês é pioneiro no Brasil e inaugura uma linha de pesquisa no Departamento de Ciências Biológicas da Esalq. A pesquisa Avaliação do comportamento competitivo de raízes de ervilha (Pisum sativum ) cv. Mikado teve a orientação do professor Ricardo Ferraz de Oliveira.

O principal objetivo foi verificar se raízes de ervilha apresentam crescimento diferenciado quando na presença de raízes da mesma planta, e de raízes de outras plantas, para averiguar a capacidade de auto/não-auto reconhecimento. Ao todo, foram 29 dias de observações de plântulas (embriões vegetais já desenvolvidos) de ervilhas mantidas em câmaras de crescimento.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Artigos, Cultivo

Embrapa obtém primeiras plantas transgênicas de cana-de-açúcar

Rótulo de um produto transgênico

Autor: Assessoria

A Embrapa anuncia nesta terça-feira (24), às 10h, durante a solenidade de comemoração dos cinco anos da Embrapa Agroenergia, em Brasília, a obtenção de plantas transgênicas de cana-de-açúcar. São as primeiras plantas transgênicas confirmadas tolerantes à seca com o gene DREB2A. As perdas em cana-de açúcar devido à seca podem variar de 10% a 50 %, dependendo da região de cultivo e da época de plantio.

Estas plantas foram selecionadas em laboratório e, dentro de três meses, estarão em estágio de multiplicação in vitro para serem avaliadas em casa de vegetação. Até maio de 2012, terão sido avaliadas quanto às características de tolerância à seca. Após estes processos, aquelas plantas que apresentarem melhor desempenho, tanto agronômico quanto das características pretendidas, terão potencial de avaliação a campo mediante aprovação de processo junto ao Comitê Técnico Nacional de Biossegurança (CTNBio).

Este é um trabalho realizado em parceria entre a Embrapa Agroenergia (Brasília/DF) e a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília/DF), que possui laboratórios com características exigidas pelas normas da CTNBio para estudos com organismos geneticamente modificados. A Embrapa conta com o apoio também da Japan Internacional Research Center for Agricultural Sciences (Jircas), empresa de pesquisa vinculada ao governo japonês.

Após o anúncio, os pesquisadores estarão disponíveis para conceder entrevistas. As imagens das plantas in vitro poderão ser feitas nos laboratórios da Embrapa Recursos Genéticos.

Fonte: [ Agronotícias ]

1 comentário

Arquivado em Alimentos, Biodiversidade, Biotecnologia, Cultivo, Herbicidas, Meio Ambiente, Notícias, Projetos, Técnicas, Transgênicos