Arquivo da tag: Etnobiologia

Mata de Santa Genebra é palco de pesquisa para estudantes da Unicamp

A Mata Santa Genebra recebeu a visita de 12 alunos do 2º e 3º anos do curso de Farmácia da Unicamp, nesta segunda-feira, 16 de abril. Os estudantes estão realizando uma pesquisa de coleta de plantas para depósito em herbário na universidade e coleta de informações etnobiológicas.

Neste semestre, a equipe está estudando a disciplina de etnobiologia – estudo científico da dinâmica de relacionamentos entre pessoas e seus grupos culturais e o meio ambiente, desde o passado distante até o presente imediato.

Os alunos colheram duas espécies de plantas na unidade, a assa-peixe e a piper. O grupo ainda assistiu a palestra ministrada pelo monitor da atividade, Rodrigo do Prado, que inclui a história da Mata de Santa Genebra, doada em 1981, ao Poder Executivo.

Além disso, os alunos realizaram o percurso da trilha-leste da Unidade de Conservação e conheceram o complexo Borboletário, que consiste em uma casa de criação, de acompanhamento de pesquisas e o viveiro.

Trabalho de campo

“Desde o início do ano estamos aprendendo a teoria em sala de aula e eu não via a hora de sair a campo. A Mata de Santa Genebra é um ótimo lugar para colher mais informações sobre nosso trabalho’’, diz a estudante Valeria Holsback.

Segundo os biólogos da Fundação, o melhor período para a coleta dessas plantas é a primavera, onde as espécies arbóreas florescem com mais intensidade.

A presidente Tereza Dóro reforça que a Fundação José Pedro de Oliveira está à disposição das universidades e escolas da região para utilizar a Mata de Santa Genebra, em pesquisas e demais trabalhos sobre meio ambiente.

Fonte: [ POrtal Novidade ]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Etnobotânica

Português entre autores de obra pioneira internacional

É português um dos co-autores do primeiro manual sobre etnobiologia destinado aos estudantes universitários. A etnobiologia é a ciência que se dedica ao estudo da interação entre as sociedades humanas tradicionais e os seus recursos biológicos.

O autor português é Luís Mendonça de Carvalho, diretor do Museu Botânico e também professor do Instituto Politécnico de Beja.

No livro agora publicado, Luís Carvalho é responsável pelo capítulo referente à simbologia das plantas. Nele faz referência a “centenas de usos simbólicos (plantas na arquitetura, literatura, música, símbolos nacionais e políticos, pintura europeia, simbolismo das flores, frutos e sementes, etc.)”, refere o autor em comunicado.

Algumas das fotografias utilizadas para ilustrar o livro são também referentes ao uso que é feito das plantas no nosso país.

Além da participação portuguesa, o manual pioneiro intitulado “Ethnobiology” contou com a participação de investigadores e professores norte-americanos e alguns europeus, de Espanha, Itália, Polónia e Suécia.

O livro de cerca de 400 páginas foi editado pela editora Wiley-Blackwell nos Estados Unidos e no Reino Unido. “É primeira obra que faz uma revisão sobre o state of the art desta importante área científica”, refere o comunicado.

Nos 22 capítulos que compõem o manual encontram-se temas como etnozoologia, etnobotânica, etnoecologia, etnobiologia linguística, etnomicologia, estudos cognitivos, arqueofauna, simbologia das plantas, entre outros.

Fonte: [ Boas Notícias ]

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades, Meio Ambiente