Arquivo da tag: Fome

Quer parar de engordar? Coma amêndoas, revela estudo

amendoas

Ótima notícia para quem quer parar de engordar, mas não consegue segurar a fome, nem as escapadas da dieta.

Em vez de beliscar, petiscar, ou comer besteira, coma amêndoas!

Um estudo feito na Universidade de Purdue, em Indiana, nos EUA, descobriu que a ingestão desses frutos secos reduz a fome, sem aumentar o peso.

Os lipídios monoinsaturados encontrados na amêndoa, e seu alto teor de fibra, dão uma sensação de saciedade e diminuem o desejo de comer nas próximas refeições.

“O que esta pesquisa sugere é que as amêndoas podem ser uma boa opção de lanche”, disse Richard Mattes , professor de Ciências da Nutrição da Universidade de Purdue ao Daily Mail.

Estudos anteriores já tinham revelado que o consumo de amêndoas reduz o risco de câncer no fígado, graças aos níveis elevados de vitamina E, o que também ajuda na prevenção de doenças cardíacas e problemas na visão provocados pela velhice.

Porção

O ideal é comer, no total, 50 gramas, ou seja 30 amêndoas torradas, levemente salgadas, todos os dias.

Sempre que bater a forme você come um pouquinho.

E assim vai tapeando o estômago até a hora da refeição.

A pesquisa

Durante quatro semanas, os cientistas analisam os efeitos que o consumo desta dosagem de 50 gramas de amêndoas tinha no peso e no apetite de 137 adultos.
O grupo foi dividido: um de controle, que não comeu qualquer tipo de fruto seco ou semente, outro que comeu cerca de 50 gramas juntamente com o café da manhã, outro que as comia ao almoço, outro durante o período da manhã e outro durante o período da tarde.

Os resultados mostraram que, as pessoas que comeram as amêndoas não engordaram.

Com informações do Daily Mail e [ Boas Notícias ].

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Curiosidades, Emagrecimento

Dirt! O Filme – legendado

O solo é uma herança de bilhões de anos que recebemos do Planeta. Na sua fina camada superior é onde podemos plantar, onde estão os microrganismos e elementos responsáveis pela formação de toda vida, de todos os animais, inclusive nós.

Povos crescem e desaparecem da face da Terra de acordo como tratam seu solo. Nos últimos 100 anos 1/3 das terras férteis da terra desapareceram.

O modo de produção chamado “agronegócio” está empobrecendo em rápida velocidade a terra por onde passa. A Agricultura Extensiva, além de contaminar a terra, mata seus microrganismos transformando muitas fazendas em desertos por todo o mundo.

Populações inteiras que transformaram suas terras em deserto estão sofrendo com a fome numa luta desesperada por comida.

O documentário nos oferece belas e inspiradoras soluções comunitárias para a recuperação do solo e da biodiversidade.

Participações especiais de Sebastião Salgado e Vandana Chiva.

1 comentário

Arquivado em Vídeos

Iniciativa usa áreas abandonadas de SP para criar hortas comunitárias

Hortas como a de São Miguel geram emprego e alimento de qualidade para a comunidade. (Foto: Divulgação)

Hortas como a de São Miguel geram emprego e alimento de qualidade para a comunidade. (Foto: Divulgação)

Uma ideia simples vem fazendo a diferença de centenas de pessoas em São Paulo. Idealizada pelo empresário alemão Hans Dieter Temp, a ONG Cidades Sem Fome utiliza terrenos baldios da cidade para desenvolver hortas comunitárias, mudando as paisagens e ajudando a população carente das regiões por onde o projeto passa.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Cultivo, Fotos, Projetos

Projeto Hortas Verticais

Para saber mais:

Horta Vertical com garrafas PET

1 comentário

Arquivado em Alimentos, Cultivo, Plantas Medicinais, Projetos

O cassino alimentício

O cassino alimentício

Fonte: http://www.msia.org.br

Se alguém ainda tem dúvidas sobre a necessidade de uma nova regulamentação do sistema financeiro e a imposição de drásticas restrições à especulação, principalmente com produtos que têm impacto direto no bem estar das sociedades, como os alimentos e a energia, um artigo do jornalista inglês Johann Hari, no The Independent de 2 de julho (“How Goldman gambled on starvation“), deveria dirimi-las de vez.

Em um texto contundente, ele descreve a maneira desavergonhada com que os especuladores financeiros promoveram a disparada dos preços alimentícios no período 2006-08, cujo resultado direto foi o agravamento da fome em um grande número de países pobres. Sua indignação é explícita: “Os especuladores criaram um cassino em que as fichas eram os estômagos de milhões. O que isto diz do nosso sistema em que podemos, tão casualmente, infligir tanta dor?”

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Alimentos