Arquivo da tag: Irrigação

O gasto de água pelas plantas

Por Ana Maria Primavesi

A falta de água ocorre tanto pela absorção deficiente como pelo gasto excessivo. A quantidade de água gasta por uma planta varia muito segundo sua nutrição, a espécie e a incidência do vento.

O gasto de água é muito maior em plantas mal nutridas. Assim, batatinhas em solo pobre gastam mais do que o dobro de água que em terra adubada, e forrageiras em terra pobre gastam quase o triplo do que em estado bem nutrido.

Verifica-se que o uso econômico de água pela planta ocorre somente quando esta for bem nutrida. Por outro lado deve ser ressaltado que a planta pode ser bem nutrida em solo adubado ao lado da semente ou em solo mais pobre mas com a possibilidade de expansão, explorando um volume grande de solo com suas raízes.

Plantas bem providas de potássio transpiram menos e quando têm à sua disposição quantidades suficientes de manganês, zinco, cobre e boro, o seu plasma torna-se mais viscoso, elas gastam a água de maneira mais econômica. Vale, portanto, a regra:

Planta mal nutrida gasta mais água!

Se a planta é bem ou mal nutrida não depende somente dos elementos maiores (macro nutrientes). A planta é bem nutrida quando tem à sua disposição todos os nutrientes que necessita para formar as substâncias próprias à espécie e à variedade.

Deve-se distinguir claramente entre a capacidade de absorção pela raiz, que é própria à variedade, e à proporção dos elementos nutritivos na planta, que não varia dentro da espécie e até pode ser semelhante em espécies diferentes. Este aspecto ressalta a importância da raiz e suas propriedades diferentes.

Importante é que a metabolização dos elementos nutritivos seja a mais rápida possível e que seu transporte dentro da planta seja garantido.

Assim, a quantidade de micronutrientes que cada planta e variedade necessita encontrar no solo varia. O milho sofre facilmente da deficiência de boro, zinco e cobre, o trigo de manganês e o cobre, o café de boro, zinco e manganês, o fumo de cobre e boro, etc.

Como dito, a nutrição da planta não depende somente de uma adubação completa mas igualmente do espaço de solo que a raiz pode explorar. Assim, um solo “pobre” é capaz de produzir a hileia amazônica com suas árvores frondosas com até 3 metros de diâmetro e parece que a “pobreza” do solo depende não somente do volume de solo explorado, que pode ser restrito por camadas adensadas, mas igualmente do potencial da raiz para mobilizar nutrientes de formas não consideradas como disponíveis nas análises de rotina.

O adensamento do solo, porém, é um impedimento decisivo no abastecimento com água por confinar as raízes a camadas muito superficiais. As condições de desenvolvimento de uma planta vão piorando à medida em que o solo vai se adensando e compactando por causa da deterioração de sua estrutura grumosa.

Assim, o gasto de água pela planta depende:

1. Da adaptação ao ambiente em que cresce
2. Da umidade relativa do ar que será mais baixa onde houver maior incidência de vento
3. Da frequência do vento. Plantas expostas ao vento transpiram mais água mas produzem menos
4. Da viscosidade do plasma celular, que aumenta com um metabolismo ativo
5. Da intensidade de transpiração, que diminui em presença de micronutrientes
6. Da possibilidade de manter os estômatos abertos durante o dia para garantir a continuidade da fotossíntese
7. Da possibilidade de fechar os estômatos quando as condições se tornarem adversas (calor e uma brisa de vento constante) a fim de evitar perdas excessivas de umidade. E para isso precisa-se de potássio.

O manejo da água no solo depende, pois, essencialmente, da perícia do agricultor como o manejo do dinheiro depende da perícia do administrador.
___

Fonte: Ana Maria Primavesi

Deixe um comentário

Arquivado em Cultivo, Observações, Técnicas

Curso de HORTAS em Pequenos Espaços – Online

curso_horta_peq_esp_4_junho

Introdução ao cultivo de hortas orgânicas em pequenos espaços. Cultive seu próprio alimento usando espaços cimentados, paredes, varanda do apartamento ou mesmo pequenos pedaços de terra no quintal.

O curso terá início dia 4 de JUNHO de 2014, acontecendo todas as QUARTAS-FEIRAS do mês. Previsão inicial de 3 aulas de até 2 horas cada, de 20h às 22h, podendo haver uma aula extra, caso necessário.

Curso COM DESCONTO para participantes de nosso grupo de estudos.

Valor e inscrições até 03/06, via portal Tudo Sobre Plantas:
https://ssl5786.websiteseguro.com/tudosobreplantas/asp/sos/cad_sosverde.asp?PROMO=FB02

Você assiste as aulas no conforto de sua casa, via ambiente de EAD (Educação à Distância).

Serão apresentadas informações sobre compostagem, substratos, plantio e germinação de sementes, transplante, tratos culturais, adubação, irrigação e colheita. Foi criado um grupo específico para o curso, para que os alunos possam trocar experiências e receber orientações.

Pagamento via boleto bancário ou depósito em conta.

TODOS aqueles que contribuíram com doações para o projeto estão automaticamente convidados para o curso e não pagam NADA! Basta entrar em contato por email, informando a vontade de participar.

+ infos: tudosobreplantas@gmail.com

6 Comentários

Arquivado em Alimentos, Cultivo, Cursos, Técnicas

Curso de Bonsai – ONLINE

Curso Bonsai Tudo Sobre Plantas

Introdução à arte do bonsai, com dicas, cuidados básicos e apresentação detalhada de algumas técnicas que ajudarão os iniciantes a manterem vivas suas plantas.

O curso terá início dia 14 de MAIO de 2014, acontecendo todas as QUARTAS-FEIRAS do mês. Previsão inicial de 2 aulas de até 2 horas cada, de 20h às 22h, podendo haver uma aula extra, caso necessário.

Valor do curso reduzido para que todos possam participar.

Informações e inscrições via EMAIL: tudosobreplantas@gmail.com

Abraços!

1 comentário

Arquivado em Bonsai, Cursos, Técnicas

Horta: 500 perguntas, 500 respostas

CLIQUE NA IMAGEM PARA BAIXAR!

CLIQUE NA IMAGEM PARA BAIXAR!

O livro Horta, da série 500 perguntas 500 respostas apresenta informações básicas e úteis sobre o cultivo de hortaliças, organizadas em forma de perguntas e respostas para seu público. O objetivo é atender o interesse crescente nesse tipo de cultivo. O material é essencial para estudantes, professores, produtores rurais ou qualquer pessoa do meio urbano que deseja saber mais sobre sua horta caseira.

Nesta obra, são explicadas, em detalhe, questões como: o que são as hortaliças, como planejar uma horta, os tipos de horta, o preparo dos canteiros, os insumos e materiais necessários, a escolha das hortaliças, a semeadura, o preparo das mudas, os tratos culturais necessários, a adubação, a irrigação, o manejo de pragas, de doenças e de plantas invasoras, a colheita e a pós-colheita, o processamento em pequena escala e as características nutricionais das hortaliças.

Com este livro, a Embrapa espera popularizar ainda mais a produção de hortaliças no Brasil em Hortas domésticas, comunitárias e escolares, recuperando uma tradição antiga e o prazer das pessoas de produzir seus próprios alimentos.

Aqui você pode ler o livro e saber mais sobre esse tema. Boa leitura e mãos à terra.

2 Comentários

Arquivado em Alimentos, Cultivo

Horta Vertical com garrafas PET

ROSENBAUM RESPONDE: LDL #48 – Horta vertical

Amigos,

Recebi muitos e-mails e comentários em todas as nossas redes (Blog, Twitter e Facebook) perguntando sobre como fazer a horta vertical de garrafas PET, da casa da Família Rodrigues, no Lar Doce Lar #48, em Itaim Paulista, SP.

Horta vertical em garrafas PET

.
Antes de dar dicas sobre como construir a sua, agradeço todas as mensagens sobre esta reforma para o Lar Doce Lar. Espero retribuir todo o carinho de vocês com mais um ROSENBAUM RESPONDE.

 

Continuar lendo

64 Comentários

Arquivado em Alimentos, Cultivo, Curiosidades, Jardinagem, Paisagismo, Plantas Medicinais, Técnicas