Arquivo da tag: Remédios

Anvisa libera medicamento fitoterápico produzido na Bahia

Fitos são produzidos com mesmo controle dos remédios convencionais

Fitos são produzidos com mesmo controle dos remédios convencionais

É crescente a quantidade de pessoas que vêm aderindo a Medicina Complementar e Alternativa (MCA) fazendo uso de medicamentos fitoterápicos no Brasil. Esse número, segundo a Associação Brasileira de Fitoterapia (Abfit), cresce a cada ano no país e no mundo e seus benefícios são comprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que recentemente aprovou o Arpynflan, um medicamento fitoterápico produzido pela indústria baiana Natulab.

O Arpynflan, um anti-inflamatório natural produzido a partir do extrato da raiz de Harpagophytum procumbens (popularmente conhecida como Garra-do-diabo), é recomendado para o tratamento de quadros reumáticos, acompanhado de dor, como artrite, artrose e lombalgia (dor na região lombar da coluna) e já é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Além de considerar a liberação de medicamentos fitoterápicos pela Anvisa uma evolução do mercado, o farmacêutico Olavo Souza Rodrigues, Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Natulab, acredita que fornecer esses medicamentos pelo SUS aumenta ainda mais o número de usuários de fitoterápicos. “A farmácia básica do SUS ter medicamentos fitoterápicos é uma grande conquista. Desta forma, mais pessoas irão conhecer os produtos e perceber que, em alguns casos, podem fazer um tratamento alternativo com eficácia e segurança”, diz.

Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Fitoterápicos

Fitoterápicos disponíveis à população

por Rodrigo Passos

Os recifenses usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) terão uma novidade a partir da segunda quinzena deste mês. Trata-se de seis medicamentos fitoterápicos que estão sendo inclusos na lista de produtos disponibilizados gratuitamente à população. Os remédios são dos mais variados tipos como antiinflamatórios, expectorantes, calmantes, analgésicos, antidepressivos, digestivos e antiácidos.

Esta inclusão surge como mais uma alternativa de tratamento aos casos ambulatoriais. A iniciativa atinge toda a rede municipal de saúde que, somente os Pontos de Saúde da Família (PSFs), atendem um número superior a 900 mil pacientes. “A proposta é realizar uma avaliação nos primeiros semestres deste ano para, posteriormente, aumentarmos o número de medicamentos com esta proposta”, revela o assessor executivo da Saúde do Recife, Tiago Feitosa.

Fonte: [ Folha PE ]

Deixe um comentário

Arquivado em Fitoterápicos