Arquivo da tag: SAF

Documentário sobre os índios Ashaninkas – Sistema agroflorestal indígena

A gente luta mas come fruta

Vídeo nas Aldeias – documentário sobre o os povos que moram na região do Alto Juruá.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Cultivo, Técnicas, Vídeos

Apesar de pressão do Instituto Chico Mendes, agricultor agroecológico mantém seu sítio em Paraty

Referência internacional em agroecologia, Zé Ferreira estava sofrendo pressão desde 2012 da administração do Parque Nacional da Serra da Bocaina (PNSB) para sair de seu terreno por conta de supostas questões ambientais.

Zé Ferreira em sua casa alimentando um passarinho. Foto: Arquivo Zé Ferreira

Zé Ferreira em sua casa alimentando um passarinho. Foto: Arquivo Zé Ferreira

Morador desde 1987 no Sítio São José, o agricultor agroecológico José Ferreira da Silva Neto estava sofrendo pressão desde 2012 da administração do Parque Nacional da Serra da Bocaina (PNSB), em Paraty, no Rio de Janeiro, para sair de seu terreno por conta de questões ambientais.

Embora seja referência na região e até reconhecido internacionalmente pela realização de suas “Vivências Agroflorestais”, foi autuado no dia 26/04/2012 por crime ambiental na 01ª Vara Federal de Angra dos Reis. Na tarde da última quarta-feira (19) houve a audiência de julgamento do seu processo.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), proponente da ação, embora depois tenha solicitado a retirada do processo da esfera criminal não compareceu à reunião para o acordo.

O Ministério Público Federal concordou em deixar a casa do agricultor e de seu filho no terreno, mas exigiu a retirada de algumas instalações. A casa de sementes e o curral, que estava desativado, serão removidos, além do além do paiol da casa do filho Jorge. Também foi acordada a permanência da casa de seu filho, Jorge Ferreira, agricultor agroecológico, em troca da retirada dos banheiros do camping e de uma piscina natural que servia de lazer ao acolhimento dos participantes de seu estágio de vivência.

Zé Ferreira ainda vai pagar uma multa de R$ 1.200,00, que será realizada por meio de uma doação a um asilo em Paraty no valor de R$ 100 durante doze meses. Um documento foi assinado para encerrar o caso. A sociedade civil está circulando uma petição online em seu apoio.

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Alimentos, Biodiversidade, Cultivo, Meio Ambiente, Notícias

O Bom jeitinho brasileiro – Sítio São José da Família Ferreira

A família Ferreira chegou ao sitio São José em 1987, no início plantavam banana e café em sistema de monocultura, mas a renda era pouca devido as despesas com transporte e como não produziam quase nada para o consumo da família o pouco que recebiam era para pagar despesas.

Em 1999, as coisas começaram a mudar, o agricultor José Ferreira teve a oportunidade de ver uma nova forma de plantar, ao fazer uma visita no Vale do Ribeira em São Paulo, onde pode conhecer os sistemas agroflorestais. A partir desse momento, passou a desenvolver no sítio, junto com sua família, essa nova forma de produção. Trocaram a monocultura pelo plantio diversificado, podendo produzir alimentos e recuperar a terra, que já estava sofrendo um pouco com o pisoteio do gado que também criavam. Iniciaram a partir daí suas experiências com Sistemas Agroflorestais, que atualmente são doze (12).

Os sistemas Agroflorestais do sítio são preparados para produzir em curto, médio e longo prazo, mas além de produzir alimentos para a família, a agrofloresta também foi pensada para a recuperação da Mata Atlântica.

No sítio não tem luz elétrica e para garantir o armazenamento dos alimentos colhidos, para que possam tê-los em períodos fora de safra, possuem um sistema de fabricação caseira a vácuo, sem conservantes e corantes. Produzem conservas (milho, guandu, chuchu, feijão, inhame…), compotas (goiaba, mamão, jabuticaba, jussara…) e doces diversos. Esses produtos contribuem para a sustentabilidade de todos no sítio.

O Sítio São José visa o trabalho de agricultura ecológica para a auto sustentabilidade com qualidade de vida, visando melhorar o desenvolvimento da agricultura familiar com um sistema que seja produtivo sem agredir o meio ambiente.

Sítio São José
Rod. Rio Santos Km 547,5
Rua Sertão do Taquari s/n
Paraty/RJ
http://agroflorestaferreira.blogspot.com

Apoio ao Agroecologo José Ferreira!

Pedido de carta de moção e comparecimento à audiência enviado pelo próprio Zé.

Caros amigos,

É com URGÊNCIA que peço a todos que conhecem a realidade do Sítio São José, em Paraty que façam uma carta de protesto, apoio ou moção pelo fato da posse conferida ao José Ferreira estar em xeque na Justiça Federal, que serão utilizadas na audiência que se dará no dia 19 de março de 2014, às 13h, na 1ª Vara Federal em Angra.

Quem quiser e puder comparecer para a mesma, também é muito válido, fica o convite. Portanto, reitero a URGÊNCIA e IMPORTÂNCIA para que autarquias, civis, instituições públicas e privadas, ONGs, e demais organizações, me encaminhem suas cartas e seus representantes para a audiência, fazendo grande favor ao trabalho construído por nós para comprovar que um mundo sustentado pela agricultura agroecológica é possível.

Está sendo alegado, entre outras coisas, que há interferência antropológica nos limites do Parque Nacional Serra da Bocaina (PNSB), danificando a Mata Atlântica, sendo que, no mesmo laudo, há provas concretas de recuperação e manutenção de área degradada realizada pelas mãos do agricultor e da sua família ao longo dos anos de posse da terra.

As recomendações dadas por parte do requerente são:
• Demolição das edificações existentes com a retirada do entulho resultante e sua destinação adequada fora dos limites do PNSB
• Eliminação das espécies da fauna e flora exóticas (muitas espécies estão constatadas como exóticas de forma errônea no laudo)
• Posterior abandono definitivo da área pelo responsável para recuperação natural da mesma

Não são necessárias mais delongas para quem conhece a história do Sítio São José, bem como a de seu fundador, José Ferreira, que juntamente com sua família lutou para que houvesse interação sustentável entre o homem e a natureza, a qual, por motivos óbvios, não podemos nos desvincular. Ele sempre defende: ‘não é isolando o homem da natureza que vai preservá-la, e sim, reinserindo o homem na sua própria essência enquanto parte dela, através da educação e da agricultura sustentável, que conseguiremos a preservação e reestruturação para esta e as próximas gerações ’.

Segue o e-mail para envio da carta: ferreiraecologia@hotmail.com

O Fórum de Comunidades Tradicionais APOIA a permanência de José Ferreira e sua família no Sítio São José!
Continuamos na LUTA!!

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Biodiversidade, Cultivo, Ecologia, Entrevistas, Estudos, Meio Ambiente, Orgânicos, Passeios e Encontros, Técnicas