Arquivo da tag: Técnica

Reunião Técnica sobre Plantas Biotivas terá abertura nesta quinta-feira em Porto Alegre

Os diretores técnico e administrativo da Emater/RS, respectivamente, Gervásio Paulus e Valdir Zonin, participam nesta quinta-feira (26/10), às 8h30min, da abertura da 6ª Reunião Técnica Estadual de Plantas Bioativas, que se realizará na sede da Emater/RS-Ascar (Rua Botafogo, 1051), em Porto Alegre. Para os dois dias do evento são esperadas mais de 150 pessoas.

Durante os dois dias da Reunião Técnica vários palestrantes estarão contribuindo com suas experiências e vivências em diversos painéis. “Vamos discutir o trabalho de identificação dessas plantas, formas de produção, o beneficiamento e os mercados, inclusive os institucionais”, comenta a assistente técnica estadual da Emater/RS-Ascar em plantas bioativas, Ana Valls. Durante o evento haverá exposição de plantas e sementes.

Desde 2006 o Rio Grande do Sul conta com uma política estadual para a fitoterapia e plantas medicinais, que recebem incentivos também em nível nacional, por meio de Decreto, para serem usados no Sistema Único de Saúde. A Emater/RS-Ascar está inserida no processo, orientando os agricultores familiares na produção, seja das plantas condimentares, seja nas fitoterápicas, ou ainda como “insumo agrícola, já que algumas plantas podem ser usadas na produção de um alimento orgânico”. “Esse tipo de produção é muito mais voltada para a agricultura familiar, principalmente quando se tratam de fitoterápicos para a utilização na saúde pública que requer uma produção dentro de uma visão ecológica, com um cuidado maior”, afirma Ana Valls.

Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Controle biológico, Ecologia, Projetos, Técnicas

Nova técnica utiliza areia no cultivo hidropônico

Chácara Catavento utiliza a técnica em produção de hortaliças como os pepinos japoneses

por Eduardo Guidini

“A hidroponia em areia é o sistema de cultivo de plantas que utiliza a areia como meio de cultivo, no qual as raízes recebem água e as soluções nutritivas balanceadas via gotejamento”. A explicação é do agrônomo Luís Milner, proprietário da empresa piracicabana que é pioneira na utilização da técnica no Brasil.

O dono da Chácara Catavento, que opera com o sistema há cinco anos, conta que a empresa cultiva hortaliças por conta própria para o varejo e também orienta projetos para seus clientes, empresas de agronegócio que produzem hortaliças e flores de corte.

O local produz rúcula, pepino japonês, pimentão colorido e tomate sweet, o popular tomate cereja, de tamanho menor do que os que os brasileiros estão acostumados a comer e gosto mais adocicado.

Milner explica que o cultivo em areia traz vários benefícios, como baixo custos ao produtor, otimização do espaço na estufa e a diminuição do tempo na renovação das plantas. A ação também precisa de pouca mão de obra e quase não requer o uso de defensivos agrícolas.

A areia, meio pelo qual se desenvolve a técnica, é um subtrato que pode ser utilizado por vários anos. O uso de agrotóxicos é menor por causa da elevada oxigenação das raízes das plantas nesse meio. Milner conta que como há menos incidência de doenças na areia, a utilização de fungicidas é nula.

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Alimentos, Cultivo, Curiosidades, Técnicas