Arquivo da tag: Teses

Dráuzio Varella e a Fitoterapia no Brasil

por Prof. Douglas Carrara

Sou antropólogo e pesquisador de medicina popular e fitoterapia há vários anos no Brasil. Imaginem a surpresa e a indignação ao ler a matéria na revista Época de Agosto/2010 sobre a prática da fitoterapia no serviço público no Brasil. No entanto é necessário agradecer ao Dr. Dráuzio Varella pela iniciativa. Agora temos um representante da indústria farmacêutica com quem dialogar. Sinal dos tempos! A fitoterapia e o projeto Farmácias Vivas já começam a incomodar e a causar prejuízos à indústria farmacêutica …

Analisando os países mais avançados do mundo e que utilizam em grande escala os medicamentos produzidos pela indústria farmacêutica, verificamos que os resultados obtidos pela medicina considerada científica são pífios. Os Estados Unidos possuem os índices de câncer de mama e de próstata mais elevados do mundo. Em 1993 haviam nos EUA, 8 milhões de diabéticos, uma das mais altas do mundo. Com relação às doenças cardio-vasculares também os americanos são campeões. Nesse país onde se utiliza a “medicina de rico”, no entender esclarecido do Dr. Dráuzio Varella, os pacientes são tratados com medicamentos de última geração e equipamentos modernos de alto custo. Investe-se muito em medicina e quase nada em saúde da população.

Por outro lado, nos países onde se pratica a “medicina de pobre”, para citar novamente o ilustre médico Dr. Dráuzio Varella, os índices de doenças degenerativas, tais como, cânceres, doenças cardio-vasculares, diabetes, são baixíssimos. Nos EUA, ocorrem 120 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes, enquanto na China apenas 20.

Inclusive as imigrantes chinesas que vivem nos Estados Unidos, acabam atingindo os índices absurdos e epidêmicos da população americana. Em São Francisco, a cada ano surgem 160 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes que migraram da cidade de Xangai, na China, enquanto, na mesma faixa etária, as que permaneceram, apenas 40 casos surgiram da mesma doença.

Portanto a medicina avançada dos países do primeiro mundo não colabora em nada para promover a saúde de seus habitantes. Por que então importarmos a mesma medicina que não se preocupa com a promoção da saúde e que parece considerar a doença um negócio melhor do que a saúde?

Continuar lendo

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Alimentos, Biopirataria, Biotecnologia, Caso Drauzio Varella, Cultivo, Doenças, Fitoterápicos, Orgânicos, Plantas Medicinais

Por que assinar o projeto Tudo Sobre Plantas ?

Para se cadastrar, <<< [  CLIQUE AQUI ] >>>

Ao longo de 08 (oito) anos de projeto, testamos várias fórmulas para tentar criar um projeto que se mantivesse “sozinho“, sem ajuda financeira de empresas patrocinadoras.

Vejamos as tentativas:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Árvores, Bambu, Biocombustíveis, Biodiversidade, Biopirataria, Biotecnologia, Bonsai, Cannabis, Controle biológico, Cultivo, Curiosidades, Doenças, Emagrecimento, Exposição, Fitoterápicos, Flores, Fotos, Frutas, Herbicidas, Homeopatia, Listagens, Meio Ambiente, Mudas, Orgânicos, Plantas Medicinais, Pragas, Reciclagem, Sementes, Técnicas, Transgênicos, Vídeos, Votação

O cassino alimentício

O cassino alimentício

Fonte: http://www.msia.org.br

Se alguém ainda tem dúvidas sobre a necessidade de uma nova regulamentação do sistema financeiro e a imposição de drásticas restrições à especulação, principalmente com produtos que têm impacto direto no bem estar das sociedades, como os alimentos e a energia, um artigo do jornalista inglês Johann Hari, no The Independent de 2 de julho (“How Goldman gambled on starvation“), deveria dirimi-las de vez.

Em um texto contundente, ele descreve a maneira desavergonhada com que os especuladores financeiros promoveram a disparada dos preços alimentícios no período 2006-08, cujo resultado direto foi o agravamento da fome em um grande número de países pobres. Sua indignação é explícita: “Os especuladores criaram um cassino em que as fichas eram os estômagos de milhões. O que isto diz do nosso sistema em que podemos, tão casualmente, infligir tanta dor?”

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Alimentos

Árvores viram poste e cabide em São Paulo

FLÁVIA MANTOVANI
DE SÃO PAULO

“Restaurante La Tambouille conserva esta área.” A placa refere-se a um canteiro bem cuidado em frente ao estabelecimento de culinária franco-italiana. Um olhar mais atento, porém, revela que estão pendurados, em duas árvores, dois refletores, duas câmeras de vídeo e até uma lixeira, fixada com prego.

Árvore na rua dos Pinheiros, altura do número 464; espécies são usadas como suporte de objetos
Foto: Maria do Carmo/Folhapress

A prática é proibida e, segundo especialistas, faz mal às plantas. E não é só no restaurante da avenida Nove de Julho que se vê isso. Diversos comércios estão transformando as árvores em verdadeiros cabides.

Os refletores são os penduricalhos preferidos, mas a sãopaulo também achou bebedouros para pássaros, reatores e até uma tomada.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Árvores, Meio Ambiente

Floresta velha, pulmão uma pinóia!

Por: Eng. Thomas Renatus Fendel – www.fendel.com.br

Quanta abobrinha se divulga se ensina e se engole, hoje e sempre, amém.

As velhas, centenárias, cansadas e aposentadas árvores, são pintadas de noviças intactas, cheias de predicados e virtudes saborosas.

Atribuem-lhes qualidades que não mais possuem, embora as tenham outras em abundância.

Invertem até seu ciclo biológico, no planeta inteiro.

Um pulmão, por definição, faz exatamente o contrário do que faz qualquer vegetal novo. Continuar lendo

6 Comentários

Arquivado em Alimentos, Árvores, Biocombustíveis, Meio Ambiente, Reciclagem, Técnicas

Enraizamento de estacas com suco de tiririca

Estudo de enraizamento de estacas de pingo-de-ouro com suco de tiririca, de autoria de FERNANDA PEREIRA FANTI.

Vale a pena a leitura:

[ APLICAÇÃO DE EXTRATOS DE FOLHAS E DE TUBÉRCULOS DE Cyperus rotundus L. (CYPERACEAE) E DE AUXINAS SINTÉTICAS NA ESTAQUIA CAULINAR DE Duranta repens L. (VERBENACEAE) ]

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria