Arquivo da tag: Tradição Virtual

Orixá Ossaim

por Babalorixa Eurico d´ Oxalá

Osanyin é o orixá das folhas sagradas, ervas medicinais e litúrgicas, identificado no jogo do merindilogun pelo odu iká e representado materialmente e imaterial pela cultura Jeje-Nago, através do assentamento sagrado denominado igba ossaim.

Sua importância é primordial. Nenhuma cerimônia pode ser realizada sem sua interferência. O seu sacerdote é o Babá Olosayin.

Ferramenta de Osanyin

É o detentor do axé (força, poder, vitalidade), de que nem mesmo os Orixás podem privar-se. Esse axe encontra-se em folhas e ervas específicas. O nome dessas folhas e o seu emprego é a parte mais secreta do ritual do culto dos Orixá, Vodun e Inkice.

O símbolo de Osanyin é uma haste de ferro de cuja extremidade superior partem sete pontas dirigidas para o alto. A do centro é encimada pela imagem de um pássaro.

Osanyin é o companheiro constante de Ifá. É representado por uma sineta de ferro forjado, terminada por uma haste pontuda enfiada em uma grande semente. A haste é fincada no chão, ao lado do osun (o asen dos fon) do babalawo. Por sua presença, Osanyin traz a influência das folhas para as operações da adivinhação.

Continuar lendo

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Entre o conhecimento popular e o científico

Entre o conhecimento popular e o científico

http://www.comciencia.br/reportagens/fito/fito1.htm

A fitoterapia tem se tornado cada vez mais popular entre os povos de todo o mundo. Há inúmeros medicamentos no mercado que utilizam em seus rótulos o termo “produto natural”. Produtos à base de ginseng, carqueja, guaraná, confrei, ginko biloba, espinheira santa e sene são apenas alguns exemplos. Eles prometem, além de maior eficácia terapêutica, ausência de efeitos colaterais. Grande parte utiliza plantas da flora estrangeira ou brasileira como matéria-prima. Os medicamentos à base de plantas são usados para os mais diferentes fins: acalmar, cicatrizar, expectorar, engordar, emagrecer e muitos outros.

É essa utilização das plantas para o tratamento de doenças que constitui, hoje, um ramo da medicina conhecido como fitoterapia. A fitoterapia, apesar de ser considerada por muitos como uma terapia alternativa, não é uma especialidade médica, como a homeopatia ou a acupuntura, e se enquadra dentro da chamada medicina alopática.

O uso das plantas como remédio é provavelmente tão antigo quanto a própria humanidade. Nas Ilhas Oceânicas, por exemplo, há séculos a planta kava kava (Piper methysticum) é usada como calmante. Durante muito tempo, foi utilizada em cerimônias religiosas, para um tipo de “efeito místico”. Depois, cientistas alemães comprovaram que seu extrato tem efeito no combate à ansiedade.

No entanto, é preciso ter cautela. A crença popular de que as plantas não fazem mal, estimulada ainda mais por fortes apelos de marketing, faz com que o quadro fique um tanto distorcido. “Havia um conceito pré-estabelecido, popular, de que o que vem da natureza não faz mal. Isso não é correto”, lembra Elisaldo Carlini, pesquisador do Departamento de Psicofarmacologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Fitoterápicos, Plantas Medicinais

Medicina Tradicional Chinesa pode ajudar a reduzir efeitos secundarios da quimioterapia

…além de ajudar a repor as células intestinais saudáveis, a medicina de ervas evitou o movimento de células inflamatórias no intestino e reduziu sua inflamação…

Agência Efe

Estados Unidos – A medicina tradicional chinesa pode ajudar a reduzir os efeitos secundários nos pacientes de câncer que recebem quimioterapia, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira na revista Science Translational Medicine.

O estudo afirma que um antigo remédio conhecido como Huang Qin Tang, feito com flores de peônias, escutelária e a seiva de uma árvore para tratar vômitos e diarreia, pode ajudar estes pacientes.

Os doutores Yung-Chi Cheng e Wing Lam da escola de Medicina da Universidade de Yale, junto com a companhia farmacêutica PhytoCeutica criaram um remédio que ainda se encontra em fase de testes, mas que obteve sucesso em ratos.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Caso Drauzio Varella, Doenças, Fitoterápicos, Plantas Medicinais

Pitaia: aparência rústica esconde a delicadeza da fruta

Nativa do México, pode render bons lucros ao produtor brasileiro, se cultivada com atenção

O produtor João Vinicius Della Vecchia mantém 1900 pés de pitaia em Pinheiral, SP

Quem vê a pitaia pela primeira vez pode achar que a fruta, de aparência rústica, é das mais resistentes e não precisa de maiores cuidados para ser produzida. Mas João Vinicius Salveti Della Vecchia sabe bem que isso não é verdade. Embora o caule da planta lembre um cacto digno do deserto e a fruta apresente uma casca que parece recoberta por escamas, a pitaia é bastante delicada.

Continuar lendo

21 Comentários

Arquivado em Frutas

Por que assinar o projeto Tudo Sobre Plantas ?

Para se cadastrar, <<< [  CLIQUE AQUI ] >>>

Ao longo de 08 (oito) anos de projeto, testamos várias fórmulas para tentar criar um projeto que se mantivesse “sozinho“, sem ajuda financeira de empresas patrocinadoras.

Vejamos as tentativas:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Árvores, Bambu, Biocombustíveis, Biodiversidade, Biopirataria, Biotecnologia, Bonsai, Cannabis, Controle biológico, Cultivo, Curiosidades, Doenças, Emagrecimento, Exposição, Fitoterápicos, Flores, Fotos, Frutas, Herbicidas, Homeopatia, Listagens, Meio Ambiente, Mudas, Orgânicos, Plantas Medicinais, Pragas, Reciclagem, Sementes, Técnicas, Transgênicos, Vídeos, Votação

observando as flores…

Você já olhou uma flor hoje? Viu o quanto ela é perfeita ? Já sentiu o vento e o calor do sol? Já viu a lua no céu e as estrelas que brilham?

Se ainda não viu, ainda dá tempo, a Natureza ainda esta ainda está aí, ainda temos a chance de nos conectarmos a ela, de nos renovarmos junto a ela, de agradecermos pela vitalidade que ela nos transmite…

Parece que o tempo passa tao rápido, que as vezes esquecemos o mais importante, esquecemos no nosso corrido quotidiano do porque estamos nesse planeta, esquecemos por que respiramos, por que andamos, sentimos e falamos. Às vezes esquecemos até que estamos vivos…

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Flores, Meio Ambiente

Exposição a plantas pode aumentar imunidade

Substância produzida pelas plantas seria benéfica aos humanos

Phytoncides, químicos transportados pelo ar emitidos pelas plantas para protegê-las do apodrecimento, de insetos e de micróbios aparentemente também beneficiam os humanos (Getty Images)

No verão, alergias e a promessa do ar condicionado tendem a levar as pessoas a lugares fechados. Mas para aqueles que conseguem suportar o calor e o pólen, passar mais tempo junto à natureza pode ter alguns efeitos surpreendentes à saúde. Numa série de estudos, cientistas descobriram que, quando as pessoas trocam suas “prisões” de concreto por algumas horas em ambientes naturais – florestas, parques e outros locais com muitas árvores –, elas apresentam um aumento na função imunológica.

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Meio Ambiente

As quatro plantas sagradas

por: Irene Carmo Pimenta

As quatro plantas sagradas são um presente dos espíritos guardiões das Quatro Direções.

Na cultura nativa americana tradicional existem quatro plantas que são especialmente veneradas e utilizadas na vida diária. Segundo os nativos, WAKAN TANKA – O Grande Espírito (Deus – O Criador) os ensinou a usar as ervas naturais: salvia (sage), a erva-doce americana (sweet grass), o tabaco (tobacco) e cedro (cedar) como um lembrete físico da sua Onipotente Presença.

Continuar lendo

5 Comentários

Arquivado em Curiosidades

Sem comentários…

Oi pessoal,

Fico muito triste em ver que as pessoas passam pelo blog, acessam os artigos e textos que estavam em busca e não deixam nenhum comentário, um agradecimento, uma palavra amiga… um “alô” qualquer.

Para deixarem comentários vocês não gastam nem 20 segundos, sabiam?

O espaço para comentários serve, além de outras coisas, para vocês complementarem os artigos e textos com dúvidas e informações.

Vamos lá! Participem!

4 Comentários

Arquivado em Sem categoria

As diferenças entre chá branco, verde, vermelho e preto

As diferenças entre as cores

por Carolina Mouta | 28/09/2008

Para entender os processos de obtenção e propriedades de cada um dos chás retirados da Camellia sinensis, a nutricionista da rede Mundo Verde, Gláucia Padovan, preparou uma breve explicação. Confira:

Chá vermelho: o depurador

Popularmente conhecido como devorador de gorduras. Feito com folhas e brotos semifermentados da Camellia Sinensis obtidas em diferentes estágios de desenvolvimento, são conservados em barris e sua maturação dura cerca de 60 anos. Por isso na China, onde é muito consumido nos restaurantes, recebe o nome de Pu-erh (chá envelhecido).

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Plantas Medicinais