SiSTSP – Cajá (Spondias dulcis)

NOME CIENTIFICO: Spondias dulcis
NOME(S) POPULAR(ES): Cajá, Cajá-manga, Cajámanga, Cajarana, Taberebá-do-sertão, Cajá-anão, Ambarella
FAMILIA (Cronquist): Anacardiaceae
FAMILIA (APG): Anacardiaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Os frutos de cajá são doces e de paladar extremamente agradável. Podem ser comidos maduros; ou verdes, com um pouco de sal.

Achei interessante o fato de que esta espécie não consta no livro “Frutas Brasileiras – Exóticas e Cultivadas”, do Lorenzi.

Informações fartas sobre ela também são difíceis de ser encontradas na Internet. Desconfio que seja por causa de uma alegada ação medicinal anti-viral do extrato de suas folhas.

Vem recebendo atenção especial por secretar uma goma que possui ação medicinal.

É, portanto, uma espécie que precisa de mais estudos e pesquisas.

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=1287
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis – Projeto Tudo Sobre Plantas
| registro atualizado em: 21/08/2016 05:20:45, por Anderson Porto.
=-=-

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

SiSTSP – Cajá-mirim (Spondias mombin)

NOME CIENTIFICO: Spondias mombin
NOME(S) POPULAR(ES): Cajá-mirim, Acaíba, Taperebá, Acajá, Acajaíba, Cajá-pequeno, Cajazeira, Cajazeiro, Serigüela, Taperibá
FAMILIA (Cronquist): Anacardiaceae
FAMILIA (APG): Anacardiaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
O fruto da cajazeira é conhecido no Brasil com os seguintes nomes: cajá, cajá-mirim, taperebá e cajá verdadeiro.

Nas diversas regiões produtoras, os frutos são comercializados em feiras livres e beiras de estradas, juntamente com outras frutas regionais. Entretanto a maior parte da produção é vendida para as agroindústrias regionais. [4]

O chá de suas folhas vem sendo utilizado há bastante tempo, por suas propriedades anti-viróticas, notadamente contra o vírus da herpes simples e da herpes dolorosa, sem registros de efeitos colaterais.

Estudos relatam que a planta é rica em polifenóis que apresentam atividades farmacológicas, destacando-se as atividades antiviróticas.[9]
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=370632
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis – Projeto Tudo Sobre Plantas
| registro atualizado em: 20/08/2016 00:28:46, por Anderson Porto.
=-=-

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

Maior jequitibá do Brasil é encontrado no sul da Bahia

Jequitibá com 48 metros de altura total e 4,35 metros de diâmetro

Jequitibá com 48 metros de altura total e 4,35 metros de diâmetro

O grande ganhador da 1ª Edição do Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia, a Fazenda Monte Florido, do proprietário Rodrigo Barreto, no município de Camacã, conquistou o prêmio por ter um jequitibá de 48 metros de altura total e 4,35 metros de diâmetro. Para a surpresa de todos, o resultado também revelou o maior exemplar da espécie do Brasil, título, até então, do jequitibá-rosa localizado no Parque Estadual de Vassununga, em Santa Rita do Passa Quatro (SP), com 40 metros de altura e 4m de diâmetro, segundo a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

O maior jequitibá do Brasil foi encontrado em área de produção cabruca, sistema que ajuda a conservar os biomas da Mata Atlântica e da Amazônia apresentando oportunidades para atuais e futuras gerações. A importância da cabruca para a biodiversidade está em proteger espécies nativas como o jequitibá, além de propiciar que animais ameaçados de extinção, como o mico-leão da cara dourada, por exemplo, usufruam deste cenário, em boas condições, para se deslocar entre fragmentos.

A metodologia utilizada pelo concurso foi definida pelo volume da árvore em m³, por meio da equação Spurr, considerando volume com casca, DAP (Diâmetro a Altura do Peito) e altura total, já que o foco não era comercial e sim pesquisa.

Imponente pela grandeza, o jequitibá Manduca, como foi batizado, chama a atenção de longe. No meio de tantas outras espécies,  tem lugar de destaque e ganha atenção pela sua exuberância. Para chegar até ele é preciso enfrentar uma trilha ainda pouco explorada e de acesso  complicado. Para facilitar a visita,  o contemplado do concurso receberá um prêmio no valor de R$20.000 para investir em uma trilha de ecoturismo acompanhada de um plano de negócio.

A iniciativa caiu nas graças da atriz Camila Pitanga, que gravou de forma voluntária um vídeo reforçando a relevância da ação, fomentada pelo Instituto Cabruca. Na produção ela manifesta seu apoio ao Programa , convida a sociedade a participar e destaca a importância de se conservar o Bioma Mata Atlântica. Quem também contribui como voluntário com a ação foram os atores Aury Porto e Pascoal da Conceição, o eterno Dr. Abobrinha, do infantil Castelo Rá-Tim-Bum. Assim como Camila, eles manifestaram seu apoio ao Programa Árvores da Cabruca. Os atores estão juntos na peça O Duelo, integrando a mundana companhia.

O Concurso

Em 2013, o Instituto Cabruca lançou o Programa Árvores da Cabruca, com o objetivo de formar produtos ecoturísticos associados a cadeia produtiva do cacau e chocolate e reconhecer e conservar as maiores árvores da região Sul da Bahia. Uma das ações do programa é o Concurso “Maiores Árvores da Região Sul da Bahia”, a partir do qual serão escolhidas as dez maiores árvores de uma determinada categoria e o vencedor será contemplado com o prêmio no valor de R$ 20.000,00 para investir em uma trilha interpretativa de ecoturismo acompanhada de um plano de negócio, projetada por um especialista da área de Ecoturismo.

O jequitibá foi a espécie homenageada na primeira edição da iniciativa. Entre os objetivos da ação, podemos citar: identificação de árvores centenárias; ampliação do número de visitas ao local, estimulando o turismo rural; estímulo  à conservação de grandes árvores; premiação dos agricultores que possuem os maiores indivíduos arbóreos presentes em áreas do Sistema Agroflorestal Cacau – Cabruca e Mata Atlântica e  Tombamento dos maiores exemplares de árvores de diferentes espécies na região, como patrimônio histórico, cultural e paisagístico.

Fonte: [ ideiaweb ]

Deixe um comentário

Arquivado em Árvores, Curiosidades

Como contribuir para a REDE SOLIDÁRIA DE ALIMENTOS – passo a passo

Rede Solidária de Alimentos

Olá pessoal,

Me pediram para montar um “passo a passo”, explicando mais em detalhes como contribuir para a campanha REDE SOLIDÁRIA DE ALIMENTOS. Vamos lá…

BEM… MAS O QUE É “CROWDFUNDING”?

Financiamento coletivo (em inglês: “crowdfunding”) é uma forma de unir pessoas em prol da realização de um objetivo considerado bacana. É uma espécie de “vaquinha” só que usando a Internet. Exemplos de campanhas?

a) Comprar ferramentas e materiais para uma horta comunitária;

b) Montar uma biblioteca para os alunos de uma escola;

c) Criar um aplicativo para celular que possibilite trocar alimentos, mudas e sementes.

E por aí vai…

O que iremos fazer é uma “vaquinha” para arrecadar recursos e financiar o desenvolvimento do aplicativo. Se você ainda não assistiu o vídeo de apresentação, veja abaixo:

O site que escolhemos para arrecadar essa quantia de forma totalmente segura é o Benfeitoria.com, uma plataforma de mobilização de recursos para projetos de impacto cultural, social, econômico e ambiental.

Para você ter uma ideia o Benfeitoria.com já arrecadou, em cinco anos de funcionamento, cerca de 11 milhões de reais (!), financiando mais de 700 projetos (!!) via contribuições de mais de 70 mil pessoas(!!!). Eles prestam consultoria gratuita para os projetos, ajudando dia após dia, sem exigir taxas por isso. Simplesmente um dos melhores.

DECIDI FAZER PARTE. COMO FAÇO PARA CONTRIBUIR?

Primeira coisa: acesse a página da campanha aqui: https://goo.gl/UB69oz

Mantenha esta página aqui aberta numa ab para que você possa consultar, caso fique com dúvidas.

COMO ESCOLHER UMA RECOMPENSA:

No canto direito você encontra um quadro cinza com informações resumidas de quanto já foi arrecadado e as opções de RECOMPENSAS para cada contribuição, com a descrição resumida do que você irá receber em troca.

Você pode clicar na descrição das recompensas para escolher qual delas você quer comprar. Ou, lá no início da página da campanha (imagem 1) tem um botão “APOIAR ESTA CAMPANHA“. Clique nesse botão.

foto 01

(imagem 1)

De ambas as formas o quadro cinza irá ser atualizado, apresentando um contador numerado ao lado do valor de cada recompensa, indicando qual a quantidade que você irá comprar (imagem 02).

foto 02

(imagem 2)

Repare que tem  quadradinhos “+” e “-“, que servem para incrementar ou diminuir a quantidade de recompensas escolhidas. Sim, você pode comprar mais de uma mesma recompensa, ou escolher recompensas diferentes.

Digamos que você queira apenas ajudar a campanha financeiramente. O que você faz? Basta marcar a opção “Não quero recompensas”. O quadro cinza então é alterado para que você possa digitar o valor que quer contribuir (imagem 03).

foto 03

(imagem 3)

Agora é necessário localizar o botão “CONTINUAR“, no fim da listagem de recompensas. CLIQUE NELE! Novamente o quadro cinza é alterado, apresentando as seguintes informações (imagem 4):

 

foto 04

(imagem 4)

Se você já possui uma conta no site Benfeitoria.com basta digitar seu login e senha.

Caso não possua conta, será necessário fazer um novo cadastro, pois é necessário saber quem está contribuindo e o endereço para onde serão enviadas as recompensas. Você pode fazer isso de duas formas:

(1) clicando em “LOGIN VIA FACEBOOK”

  • PASSO 1

(imagem 5)

  • PASSO 2

Após clicar em OK a janela é fechada e o quadro cinza é alterado, apresentando o seguinte:

imagem 6

(imagem 6) Digite data de nascimento, PAÍS e…

  • PASSO 3

Quando você escolhe o PAÍS o quadro cinza muda novamente, apresentando o seguinte (imagem 7):

imagem 8

(imagem 7) Preencha as informações solicitadas e clique no botão “ATUALIZAR”.

 

(2) clicando em “PESSOA FÍSICA”.

(imagem 7)

(imagem 8) Preencha as informações solicitadas e clique no botão “CRIAR”.

Novamente, após escolher o PAÍS, o sistema pede as mesmas informações da imagem 7. Basta preencher e clicar em CRIAR / ATUALIZAR. Siga para a próxima tela.

FINALIZANDO A COMPRA DA RECOMPENSA

A partir dai o quadro cinza irá apresentar as opções de pagamento, que podem ser: CARTÃO DE CRÉDITO ou BOLETO BANCÁRIO.

É preciso preencher as informações solicitadas, imprimir o boleto (caso seja esta a opção escolhida) e pagar.

IMPORTANTE!!

A campanha REDE SOLIDÁRIA DE ALIMENTOS é TUDO OU NADA. Isto significa o seguinte: se atingirmos a meta de arrecadação, todos que contribuíram recebem as recompensas escolhidas e nós poderemos desenvolver o aplicativo. Se não, todos que contribuiram  recebem o dinheiro de volta. Se tiver dúvidas sobre isso leia [ AQUI ].

A ideia, claro, é atingirmos a meta e por isso precisamos de ajuda na divulgação. Se você contribuiu indique a campanha par seus amigos, informando sobre o que é e como contribuir.

Se ainda restar alguma dúvida, por favor, basta perguntar nos comentários desta postagem.

Vamos lá… Faça parte, colabore, contribua!

Todo mundo só tem a ganhar!

Abraços!

Anderson Porto
https://goo.gl/UB69oz

Rede Solidária de Alimentos

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Biodiversidade, Cultivo, Cursos, Ecologia, Estudos, Etnobotânica, Eventos, Fotos e Vídeos, Mudas, Notícias, Orgânicos, Parcerias, Passo a passo, Plantas Medicinais, Projetos, Software, Técnicas

SiSTSP – Mamilaria (Mammillaria geminispina)

NOME CIENTIFICO: Mammillaria geminispina
NOME(S) POPULAR(ES): Mamilaria
FAMILIA (Cronquist): Cactaceae
FAMILIA (APG): Cactaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=19339
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis – Projeto Tudo Sobre Plantas
| registro atualizado em: 13/08/2016 22:59:19, por Anderson Porto.
=-=-

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

SiSTSP – Barba-de-velho (Pilosocereus leucocephalus)

NOME CIENTIFICO: Pilosocereus leucocephalus
NOME(S) POPULAR(ES): Barba-de-velho
FAMILIA (Cronquist): Cactaceae
FAMILIA (APG): Cactaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=18510
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis – Projeto Tudo Sobre Plantas
| registro atualizado em: 13/08/2016 22:42:08, por Anderson Porto.
=-=-

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

SiSTSP – (Deuterocohnia lotteae)

NOME CIENTIFICO: Deuterocohnia lotteae
FAMILIA (Cronquist): Bromeliaceae
FAMILIA (APG): Bromeliaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=18509
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis – Projeto Tudo Sobre Plantas
| registro atualizado em: 13/08/2016 22:18:12, por Anderson Porto.
=-=-

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

SiSTSP – Stapelia (Stapelia gigantea)

NOME CIENTIFICO: Stapelia gigantea
NOME(S) POPULAR(ES): Stapelia, Flor-estrela, Estrela-do-mar-africana, Flor-carniça, Planta-sapo
FAMILIA (Cronquist): Apocynaceae
FAMILIA (APG): Apocynaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
As flores de certas espécies, principalmente a da Stapelia gigantea, podem atingir 41 cm (16 polegadas) de diâmetro quando totalmente abertas.

A maioria das flores são visivelmente cabeludas na superfície e geram odor de carne podre, atraindo agentes polinizadores especializados diversos, principalmente as moscas varejeiras. Elas freqüentemente põem ovos em torno do coroas de flores da Stapelia.[3]

São excelente opção para vasos de parede, jardineiras e bacias no jardim.[4]

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=14481
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis – Projeto Tudo Sobre Plantas
| registro atualizado em: 12/08/2016 17:10:03, por Anderson Porto.
=-=-

tudosobreplantas_14481_VG

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

SiSTSP – (Glottiphyllum longum)

NOME CIENTIFICO: Glottiphyllum longum
FAMILIA (Cronquist): Aizoaceae
FAMILIA (APG): Aizoaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Suculenta nativa do deserto de Karoo, África do Sul.
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=8704
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis – Projeto Tudo Sobre Plantas
| registro atualizado em: 12/08/2016 00:52:16, por Anderson Porto.
=-=-

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

Olha só que ideia fantástica

Vamos criar uma forma FÁCIL de doar alimentos a quem tem fome ou realmente precisa.

bnr_campanha_2016_rsa_100

Uma ideia que pode mudar o mundo. Iremos compartilhar o excedente dos alimentos, mudas e sementes através de um aplicativo GRATUITO para celulares.

Participe!  Acesse o link e escolha sua recompensa: https://goo.gl/UB69oz

bnr_campanha_2016_rsa_00_inicio

Escolhemos a parceria com o site Benfeitoria.com, que possui vasta experiência na orientação para este tipo de campanha e vários casos de sucesso.

É TUDO OU NADA. Se atingirmos a meta poderemos ampliar a forma como as pessoas que cultivam fazem contato com outros produtores. Se não, todo o dinheiro será devolvido a quem o apoiou.

bnr_campanha_2016_rsa_15_unir_forcas

Acesse a página da campanha aqui: https://goo.gl/UB69oz

Uma campanha de financiamento colaborativo (“crowdfunding“) é uma forma de unir pessoas contribuindo para a realização de uma ideia bacana. No nosso caso, a criação de um aplicativo para celulares que possibilite a troca de alimentos, mudas e sementes.

Estamos começando a angariar fundos ($), via financiamento colaborativo, para a criação deste aplicativo para celulares. Esta é a meta principal.

Todos podem contribuir e de forma segura, pois é “tudo ou nada”, isto é, se não atingirmos a meta o dinheiro volta para todos que contribuiram. Se atingirmos aí entramos na fase de produção das recompensas e criação do aplicativo.

Quem investe no projeto recebe RECOMPENSAS exclusivas desta campanha.

bnr_campanha_2016_rsa_20_recompensas.png

Colabore, faça a sua parte, contribua!

Acesse a página da campanha aqui: https://goo.gl/UB69oz

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias