Arquivo do mês: maio 2018

Curso HORTAS em PEQUENOS ESPAÇOS – edição 2018

curso_horta_peq_esp_junho_2018

Sobre o CURSO

O curso é uma introdução ao Cultivo de Hortas em Pequenos Espaços. Irá preparar você para dominar todas as etapas de cultivo de alimentos, temperos e plantas aromáticas, utilizando espaços ensolarados que estejam disponíveis em áreas cimentadas, paredes, varandas, janelas e pequenos espaços no quintal.

O curso capacita novos(as) cultivadores(as) a desenvolverem com máxima eficiência HORTAS COMUNITÁRIAS em quintais, escolas, terrenos baldios, terraços e/ou espaços públicos no condomínio.

Início, dias da semana e carga horária

O curso começou dia 1º de JUNHO de 2018, com carga horária indefinida e acesso ONLINE via grupo do curso no Facebook.

É possível ingressar a qualquer momento para ter acesso ao material de estudo até a data de encerramento.

As aulas serão ministradas via fotos e textos publicados no grupo do curso, com links para apostilas e passo a passo das atividades. O espaço do curso servirá para consultoria a projetos dos alunos, atendidos de acordo com o tempo disponível.

Caso o(a) aluno(a) queira manter a consultoria por tempo indeterminado, a consultoria será realizada via WhatsApp e por valor a combinar.

Nível do curso – público alvo

O curso é voltado para INICIANTES, pessoas que nunca plantaram ou que desejam aprender técnicas específicas para o cultivo de plantas em pequenos espaços.

Para fazer algumas atividades é necessário ter alguma habilidade no manuseio de soldas elétricas, tesouras, serras, serrotes e/ou furadeiras, além de vasos, garrafas PET e demais materiais e ferramentas necessárias para os plantios.

Objetivo geral

Os alunos assistem as aulas no conforto de sua casa ou trabalho, via ambiente virtual proporcionado pelo Facebook, com apresentação de imagens de slides do curso e vídeos com áudios gravados, além do espaço para comentários e perguntas ao professor.

Serão apresentadas informações sobre todo o ciclo de cultivo de alimentos, começando pela germinação de sementes, a preparação de substratos, como fazer compostagem, como e quando fazer o transplante de mudas, quais os tratos culturais necessários, como fazer a adubação, como instalar uma irrigação automática e quando e como fazer a colheita.

Durante o curso serão passadas atividades para colocar em prática aquilo que o aluno está aprendendo. Todos podem tirar dúvidas e comentar sobre possíveis dificultades que estejam tendo. Mais do que simplesmente um curso, é também uma consultoria online com um profissional especializado.

Ao final do curso os alunos estarão capacitados a cultivar seu próprio alimento, desenvolvendo um contato maior com as plantas e economizando nas compras do mês.

Foi criado um grupo de estudos específico para o curso no Facebook, para que os alunos possam trocar experiências e receber orientações durante o curso.

Data de encerramento e fim da consultoria aos alunos do curso: 31/08/2018.

Valores e inscrições

  • R$ 350,00

Pagamento por depósito em conta ou transferência bancária. Dados da conta enviados por e-mail, após a inscrição.

[ CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER ]

É necessário o envio dos comprovantes de depósito / transferência para confirmar as inscrições, por email: tudosobreplantas@gmail.com

___
Sobre o AUTOR

DSC_3890_recorteO gestor do projeto Tudo Sobre Plantas, Anderson C. Porto, possui mais de 10 mil horas de experiência no cultivo de hortas orgânicas e plantas em geral.

Formado em Tecnologia em Processamento de Dados, pela FACHA-RJ, em outubro de 2002 começou o projeto Tudo Sobre Plantas criando um grupo de estudos sobre plantas, e desde então vem cadastrando informações e fotos de espécies nativas ou exóticas cultivadas em um banco de dados de acesso público e gratuito na Internet.

Durante todos esses anos já ministrou cursos e workshops de plantio, cultivo de bonsai e instalação de irrigação automática.

Possui formação técnica em produção de mudas, implementação de floriculturas, sistemas produtivos, manejos culturais e recuperação de nascentes. É autodidata em poda de frutíferas, cultivo de bonsai, reaproveitamento e economia de água, instalação e manutenção de sistemas de irrigação por gotejamento e aspersão, berçários de germinação de sementes, compostagem acelerada e utilização de areia em substratos. Cultiva também grande paixão por fotografia.

Como desafio, durante os últimos 6 anos desenvolveu técnicas específicas para o plantio com areia, compostagem acelerada e cultivos visando a economia de água. O curso atual é um resumo desta experiência.

É o atual gestor da fanpage do projeto Tudo Sobre Plantas no Facebook:
https://www.facebook.com/tudosobreplantas/

+ informações por email: tudosobreplantas@gmail.com

Bom curso a todos e todas!

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Cursos, Eventos, Notícias, Técnicas

O prazo para o aterramento da Fiação Aérea no RJ está acabando…

fiação_aérea_arvores

Sobre o aterramento da fiação aérea, existe a Lei 5340 /2008, que determina a implantação de instalação de fiação subterrânea em TODO O ESTADO do Rio de Janeiro.

As prefeituras precisam, dentre outras coisas, fornecer autorização e mapas das redes subterrâneas (água, esgoto, cabeamentos de fibras óticas etc).

LEI Nº 5340, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2008.

DISPÕE SOBRE A COLOCAÇÃO DE INSTALAÇÃO SUBTERRÂNEA NO ÂMBITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

Art. 1º As concessionárias de serviços públicos de energia elétrica e telefonia, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro, ouvido o município detentor do uso do solo em que a rede estiver instalada, deverão modificar, no prazo máximo de 10 (dez) anos, a instalação aérea existente nas vias públicas para instalação subterrânea.

Art. 2º Os novos projetos de instalação que vierem a ser executados já deverão ser por via subterrânea.

Art. 3º As despesas com a modificação da instalação de energia elétrica e telefonia correrão por conta exclusiva das concessionárias de serviço público, ficando vedada qualquer cobrança aos usuários.[1]

__

O prazo acaba em 2 de dezembro de 2018.

Pergunta-se: o que as prefeituras estão fazendo a este respeito?

Anderson Porto
http://www.TudoSobrePlantas.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Árvores, Notícias

A diferença do projeto Tudo Sobre Plantas

Existe alguma diferença do grupo de estudos do Tudo Sobre Plantas para outras centenas de grupos parecidos? Eu creio que sim. Explico!

Aqui no projeto eu afirmo apenas o que já testei, o que já pesquisei, o que já fiz pelo menos UMA experiência. Exemplos?

Vi uma postagem, digamos, sobre “estacas de roseiras em batatas” na Internet. Fui lá, testei e mostrei para o grupo os resultados. Se falo do Milho (Zea mays) transgênico na cerveja é porque já testei e vi que passo mal. Se falo do Boldo (Plectranthus barbatus) é porque já testei e funcionou no meu organismo. Se passo uma receita de Taioba (Xanthosoma sagittifolium) é porque testei antes de compartilhar. Se publico uma notícia ou pesquisa, apresento sempre as FONTES e, quando posso, mais informações, para que as pessoas possam ir além do que simplesmente ler o que foi apresentado. E isso é importante? Nem sempre é reconhecido como tal, mas eu entendo que sim e por isso faço.

Se me esforço todos os dias para estar na Internet e ajudar a identificar plantas ou comentar o que sei, é porque estudo estes assuntos e entendo que compartilhar o que penso pode ser de alguma utilidade, mesmo através de erros (propositais ou não). Afinal, pode ser o caso de salvar o que seria uma colheita perdida, ou ajudar alguém a melhorar a saúde de uma planta que cultiva na janela da cozinha, ou mesmo experimentar uma forma de plantio diferente. Quem sabe?

Outra coisa que faço é estar sempre jogando ideias na “rede”, para que sejam de algum proveito por quem se interesse. É o que chamo de “agir” através das pessoas, passando ideias adiante e questionando se seria possível, se vale a pena gastar tempo num projeto, sei lá, de composteira, de canteiro, de sombreamento, de horta, de viveiro, de loja de plantas, de pesquisa de espécies, de filtro de água poluída… Um dia acontece das pessoas fazerem!

Então o que tem de diferente é isso e – olhem que interessante – qualquer pessoa pode usar esses conhecimentos e fazer o mesmo!! É só fazer o que faço há quase 16 anos. E o que é melhor, quanto mais as pessoas estudarem e aprenderem sobre plantas, quanto mais pesquisarem, mais o projeto cresce, mesmo que as pessoas não participem do grupo de estudos ou nem façam parte da comunidade TSP.

Já me basta saber que as pessoas estão aprendendo, que estão estudando, que estão experimentando e, o mais importante, passando conhecimentos adiante.

E é exatamente isso que entendo que seja o projeto Tudo Sobre Plantas.

APRENDER E COMPARTILHAR!

(…tudo sobre plantas! rs…)

Abraços!

Anderson Porto
https://www.TudoSobrePlantas.com.br

20160502_054143_recorte

 

1 comentário

Arquivado em Notícias