Arquivo da tag: Chás

Substância encontrada em planta impede reprodução do vírus da Hepatite C

A substância encontrada nas folhas do mirtilo é similar aos compostos químicos benéficos existentes no vinho e nas uvas.[Imagem: Scott Bauer]

Planta contra vírus

Um composto químico encontrado nas folhas do mirtilo (blueberry) possui uma grande capacidade de bloquear a replicação do vírus da Hepatite C. A descoberta abre uma nova avenida nas pesquisas para o tratamento das infecções crônicas da hepatite viral, que afeta mais de 200 milhões de pessoas em todo o mundo e que eventualmente leva a complicações como a cirrose e o câncer de fígado.

Entre as áreas com níveis particularmente altos de infecção pela Hepatite C está a cidade de Miyazaki, no sul do Japão, uma tendência que levou o professor Hiroaki Kataoka e seus colegas da Universidade de Miyazaki a empreenderem uma busca pelas melhores opções para o tratamento.

Atualmente não há vacina para Hepatite C e, embora uma combinação de medicamentos possa eliminar a infecção, esse tratamento é efetivo em apenas 60% dos casos e possui sérios efeitos colaterais.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Plantas Medicinais

1º episódio do programa "É bom pra quê?"

Primeiro episódio do programa “É bom pra quê?”, do Dr. Drauzio Varella, apresentado no Fantástico do dia 29/08/2010:

Usar chás para tratar doenças pode ser um perigo

Fonte: [ Globo vídeos ]

3 Comentários

Arquivado em Caso Drauzio Varella, Fitoterápicos, Medicamentos, Plantas Medicinais, Vídeos

Dráuzio Varella e a Fitoterapia no Brasil

por Prof. Douglas Carrara

Sou antropólogo e pesquisador de medicina popular e fitoterapia há vários anos no Brasil. Imaginem a surpresa e a indignação ao ler a matéria na revista Época de Agosto/2010 sobre a prática da fitoterapia no serviço público no Brasil. No entanto é necessário agradecer ao Dr. Dráuzio Varella pela iniciativa. Agora temos um representante da indústria farmacêutica com quem dialogar. Sinal dos tempos! A fitoterapia e o projeto Farmácias Vivas já começam a incomodar e a causar prejuízos à indústria farmacêutica …

Analisando os países mais avançados do mundo e que utilizam em grande escala os medicamentos produzidos pela indústria farmacêutica, verificamos que os resultados obtidos pela medicina considerada científica são pífios. Os Estados Unidos possuem os índices de câncer de mama e de próstata mais elevados do mundo. Em 1993 haviam nos EUA, 8 milhões de diabéticos, uma das mais altas do mundo. Com relação às doenças cardio-vasculares também os americanos são campeões. Nesse país onde se utiliza a “medicina de rico”, no entender esclarecido do Dr. Dráuzio Varella, os pacientes são tratados com medicamentos de última geração e equipamentos modernos de alto custo. Investe-se muito em medicina e quase nada em saúde da população.

Por outro lado, nos países onde se pratica a “medicina de pobre”, para citar novamente o ilustre médico Dr. Dráuzio Varella, os índices de doenças degenerativas, tais como, cânceres, doenças cardio-vasculares, diabetes, são baixíssimos. Nos EUA, ocorrem 120 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes, enquanto na China apenas 20.

Inclusive as imigrantes chinesas que vivem nos Estados Unidos, acabam atingindo os índices absurdos e epidêmicos da população americana. Em São Francisco, a cada ano surgem 160 casos de câncer de mama por 100.000 habitantes que migraram da cidade de Xangai, na China, enquanto, na mesma faixa etária, as que permaneceram, apenas 40 casos surgiram da mesma doença.

Portanto a medicina avançada dos países do primeiro mundo não colabora em nada para promover a saúde de seus habitantes. Por que então importarmos a mesma medicina que não se preocupa com a promoção da saúde e que parece considerar a doença um negócio melhor do que a saúde?

Continuar lendo

5 Comentários

Arquivado em Alimentos, Biopirataria, Biotecnologia, Caso Drauzio Varella, Cultivo, Doenças, Fitoterápicos, Orgânicos, Plantas Medicinais

Por que assinar o projeto Tudo Sobre Plantas ?

Para se cadastrar, <<< [  CLIQUE AQUI ] >>>

Ao longo de 08 (oito) anos de projeto, testamos várias fórmulas para tentar criar um projeto que se mantivesse “sozinho“, sem ajuda financeira de empresas patrocinadoras.

Vejamos as tentativas:

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Árvores, Bambu, Biocombustíveis, Biodiversidade, Biopirataria, Biotecnologia, Bonsai, Cannabis, Controle biológico, Cultivo, Curiosidades, Doenças, Emagrecimento, Exposição, Fitoterápicos, Flores, Fotos, Frutas, Herbicidas, Homeopatia, Listagens, Meio Ambiente, Mudas, Orgânicos, Plantas Medicinais, Pragas, Reciclagem, Sementes, Técnicas, Transgênicos, Vídeos, Votação

As diferenças entre chá branco, verde, vermelho e preto

As diferenças entre as cores

por Carolina Mouta | 28/09/2008

Para entender os processos de obtenção e propriedades de cada um dos chás retirados da Camellia sinensis, a nutricionista da rede Mundo Verde, Gláucia Padovan, preparou uma breve explicação. Confira:

Chá vermelho: o depurador

Popularmente conhecido como devorador de gorduras. Feito com folhas e brotos semifermentados da Camellia Sinensis obtidas em diferentes estágios de desenvolvimento, são conservados em barris e sua maturação dura cerca de 60 anos. Por isso na China, onde é muito consumido nos restaurantes, recebe o nome de Pu-erh (chá envelhecido).

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Plantas Medicinais

Mangaba se mostra eficaz no combate à hipertensão

O que a sabedoria popular já dizia, agora foi comprovado em pesquisa científica e, mais do que isso, o resultado surpreendeu os farmacêuticos.

Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais estão animados com os primeiros testes com plantas para tratamento da hipertensão. A mangabeira, por exemplo, se mostrou muito mais eficaz que o remédio mais vendido contra a pressão alta.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Árvores, Doenças, Fitoterápicos, Plantas Medicinais

Plantas medicinais ajudam a emagrecer e a curar as dores da depressão

Perto da Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), nasceu um refúgio biológico. Plantas receitadas para tratar doenças saem do local embaladas, prontas para virar chá.

Globo Repórter - Plantas medicinais ajudam a emagrecer e a curar a depressão



Há seis anos, a vida do policial Cícero Manuel de Souza perdeu a graça. O cara brincalhão e divertido caiu em depressão profunda. “Na realidade, nem eu entendo o que aconteceu. É uma doença sorrateira e veio com um efeito, uma bomba relógio”, conta.

Continuar lendo

18 Comentários

Arquivado em Cultivo, Doenças, Fitoterápicos, Mudas, Orgânicos, Plantas Medicinais, Sementes, Técnicas

Curando com o sabor do gengibre

por Flavia Penedo

Ainda estamos no outono, mas já é possível sentir o friozinho chegando, por isso, este é o momento ideal para falarmos mais sobre uma raiz muito preciosa, capaz de trazer muitos benefícios ao organismo: o gengibre.

Continuar lendo

Deixe um comentário

Arquivado em Alimentos, Doenças, Plantas Medicinais

Estudo britânico confirma propriedade analgésica de hortelã brasileira

[img:091125141949_091125_mentadentro.jpg,full,alinhar_esq_caixa]Uma xícara de chá de um tipo de hortelã tem propriedades analgésicas equivalentes às de alguns remédios vendidos comercialmente, concluiu um estudo feito na Grã-Bretanha por uma pesquisadora brasileira.

Há séculos, a erva Hyptis crenata, conhecida como hortelã-brava e salva-de-marajó, vem sendo utilizada na medicina popular no Brasil para tratar desde dores de cabeça e estômago até febre e gripe.

Liderada pela brasileira Graciela Rocha, a equipe da Universidade de Newcastle, no nordeste da Inglaterra, fez estudos com ratos e provou que a prática popular tem base científica.

O estudo foi publicado na revista científica Acta Horticulturae.

Graciela Rocha está apresentando seu trabalho no International Symposium on Medicinal and Nutraceutical Plants em Nova Déli, na Índia.

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Fitoterápicos, Plantas Medicinais

Chá ajuda mesmo a emagrecer?

Você não sabe o que fazer no meio de tantos chás emagrecedores? Confira a matéria e saiba se eles são mesmo bons.

[img:gb03a.jpg,full,alinhar_esq_caixa]Você liga a TV e uma longa propaganda, disfarçada de programa de televisão, vende um chá que promete acabar com todas suas gorduras, inclusive as localizadas. Muda de canal e a apresentadora do programa da tarde oferece um produto similar que pode ser pago em três vezes no cartão.

Na farmácia, vê vários chás emagrecedores enfileirados na prateleira. E aquela pergunta fica na sua cabeça: “Será que chá ajuda a emagrecer mesmo?”

A nutróloga Elisa Catapan, da Beauty Care, diz que não é qualquer chá que colabora no emagrecimento. “Os chás emagrecedores que funcionam são os amargos, como de alcachofra, cipó-cabeludo e losma. Mas eles não queimam gorduras. Apenas fazem o intestino funcionar melhor, facilitando a digestão”, explica.

Alguns dos chás mais populares entre quem quer ficar leve em pouco tempo são os de cáscara sagrada e de porangaba. Eles ajudam, de fato, a perder alguns quilos e podem ser tomados, desde que com cautela. “Em grandes quantidades, como dois litros por dia, essas bebidas causam diarréia osmótica, que é um processo patológico horrível. A pessoa pode sofrer uma desidratação grave e ganhar irritações na parede do intestino”, alerta Elisa. Logo, uma xícara por dia já está de boa medida.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Emagrecimento, Fitoterápicos, Plantas Medicinais