Arquivo da tag: Coco

20 antibióticos naturais e alimentos que melhoram a imunidade

alho

1) ALHO

Doenças que previnem: diarreias (Campylobacter) e úlcera de estômago (H. pylori).

Atuação: contém alicina, que é responsável por seu aroma. Estudos da Universidade do Estado de Washington, nos Estados Unidos, mostraram que um derivado da alicina rompe o filme protetor da Campylobacter e muda sua estrutura enzimática até matá-la. A Campylobacter é conhecida por contaminar alimentos e provocar diarreia. “É um indicativo de que o alho pode ser utilizado como antibacteriano natural, além de proteger a comida”, diz Xiaonan Lu, microbiologista e autor da pesquisa. A alicina ainda atua sobre o RNA da H. pylori, causadora de úlceras e do câncer de estômago.

Uso: como tempero de carnes e para refogar pratos quentes.

Quantidade sugerida: 600 mg de alho por dia, o equivalente a 1 dente cru.


echinaceae

2) EQUINÁCEA

É um antibiótico natural, a equinácea ajuda a combater bactérias, vírus, fungos e outros micróbios causadores de doenças. A equinácea estimula de várias formas o sistema imunológico que é fundamental na luta contra as infecções. Além disso, estimula a produção celular de uma substância denominada interferon (um antiviral natural).

Como esses efeitos são relativamente efêmeros, é melhor tomar a equinácea em intervalos frequentes – até de duas em duas horas durante infecções agudas.


Continuar lendo

Anúncios

37 Comentários

Arquivado em Alimentos, Curiosidades, Doenças, Medicamentos, Plantas Medicinais

(multiplica!) memória visual da terra #5 – O CÔCO, DA ÁGUA À SEMENTE

com Chelah e Tiê

Projeto itinerante que promove o fortalecimento e multiplicação das sementes crioulas e da biodiversidade a partir da sabedoria ancestral, através de ações para a troca de conhecimentos e sementes livres, registrando iniciativas e nomeando guardiões para espécies quase em extinção.

Integrar e aproximar as comunidades rurais e tradicionais dos centros de permacultura e novos rurais.

A multiplicação não para!

Apoie…
http://www.multiplica.org
https://www.facebook.com/multiplicasabedoria

Deixe um comentário

Arquivado em Estudos, Etnobotânica, Mudas, Parcerias, Projetos, Sementes, Vídeos

SiSTSP – Coco (Cocos nucifera)

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
| SiSTSP – Banco de Plantas Notaveis
| Projeto Tudo Sobre Plantas
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
NOME CIENTIFICO: Cocos nucifera
NOME(S) POPULAR(ES): Coco, Coqueiro, Coco-da-bahia, Coqueiro-da-bahia, Cocotero, Palma-cocotera, Palmera-de-coco, Adiaván, Palma-de-coco, Palma-indiana
FAMILIA (Cronquist): Arecaceae
FAMILIA (APG2): Arecaceae
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Trazido pelos portugueses em 1553, proveniente do Cabo Verde, teve seu plantio inicial no estado da Bahia, espalhando-se posteriormente pelo litoral nordestino.

Com a chegada dos escravos de Moçambique, onde o aproveitamento do leite de coco e a feitura de pratos com o fruto já eram práticas comuns, é que se iniciou a criação dos pratos da tradicional culinária afro-brasileira.

É a única espécie classificada no gênero Cocos.

Em algumas partes do mundo, macacos treinados são usados na colheita do coco. Escolas de treinamentos para macacos ainda existem no sul da Tailândia. Todos os anos são realizadas competições para identificar o mais rápido colhedor.[6]

Atualmente utiliza-se a fibra da casca do fruto para obtenção de vasos e substratos para plantas, em substituição à fibra de xaxim.
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
ficha disponivel online em:
http://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=371002
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-
Registro atualizado em: 21/01/2014 18:48:56, por Anderson Porto.
=-=-

Deixe um comentário

Arquivado em SiSTSP

Viabilidade da reciclagem do coco verde

Por Philippe Mayer

Cobrar para receber o lixo do COCO VERDE. Algumas pessoas se ofendem ou no mínimo ficam bastante intrigadas.

Vamos tentar esclarecer um pouco sobre a viabilidade da reciclagem do COCO VERDE.

É muito simples: ela tem que ter um custo final inferior a fibra do COCO SECO produzida no Nordeste.

Como o nome já diz, COCO SECO, não tem resíduo líquido no seu processo de extração. E também é produzida normalmente em áreas rurais.

O coco seco é composto basicamente da fibra (utilizada em diversas aplicações) do pó que é utilizado na agricultura como insumo para substrato e do endocarpo que é a parte dura, muito utilizada em artesanato, biomassa, substrato para orquídeas e várias outras aplicações.

Continuar lendo

2 Comentários

Arquivado em Artigos